A Semana



Sesc Mogi tem dança popular africana e show de músicas nordestinas

Neste fim de semana, a programação está diversificada e intensa no Sesc Mogi das Cruzes. O destaque de sexta-feira à noite (27), às 20h, é a apresentação de uma dança popular chamada Gumboot dance, criada no século XIX nas minas de ouro e de carvão da África.

Já no domingo (29/05), às 16h, o Trio Camaradas sobe ao palco do Sesc Mogi das Cruzes com um repertório composto por grandes nomes do forró.

E as atividades não param por aí. Tem jogos sobre a África para as crianças, oficinas sobre técnica usada para estampar camisetas e ações para quem gosta de meio ambiente.

Confira todos os detalhes da programação:

DANÇA/ESPETÁCULO

Yebo

Gumboot Dance (dança de botas de borracha) é uma forma de dança popular que foi criada pelos trabalhadores no século XIX nas minas de ouro e de carvão da África do Sul. Homens negros, com sua a força de trabalho explorada pelos senhores do capital, lutavam para conquistar riquezas que jamais teriam para si. Expondo suas vidas ao risco, distante de suas aldeias e famílias, diariamente cavando buracos cada vez maiores, onde ficavam enterradas suas histórias, suas memórias e suas vozes. Yebo aborda a exploração, tanto das minas, como dos sete povos levados para extração do minério. É a criação de um dialeto sonoro a partir das batidas nas botas de borracha e transformado em um alegre espetáculo percussivo em que a dança produz o som, e o som, conta as histórias dos poucos momentos de descanso e animação que esses trabalhadores tinham.

Quando: Dia 27/5, sexta, às 20h | Duração: 60 minutos | Classificação: Livre | Entrada: Grátis | Lugares limitados. Grátis. Distribuição de ingressos na loja Sesc a partir das 19h.

MÚSICA

Show Trio Camaradas

Formado por pesquisadores e amantes da cultura nordestina, Trio Camaradas apresenta um repertório composto por grandes nomes do forró, como Trio Nordestino, Trio Nortista, Luiz Gonzaga, Genival Lacerda, Marinês, Jackson do Pandeiro, entre outros. Desde 2018 o grupo circula por Casas do Norte, festivais de cultura nordestina e centros culturais da grande São Paulo.

Quando: Dia 29/5, domingo, às 16h. | Duração: 90 minutos | Classificação: Livre | Entrada: Grátis – Sem retirada de ingresso

LITERATURA

Quantas Áfricas tem na África?

Uma experiência narrativa onde vamos percorrer o continente africano por meio de

um mapa lúdico, uma viagem com histórias que nos apresentará as diferentes

dimensões culturais do continente.

Com Agbalá Conta, núcleo de pesquisa e criação de narrativas pretas, fundado em 2010 por Giselda Perê, com o objetivo de dar visibilidade às histórias das ancestralidades pretas. Agbalá Conta é uma cabaça mágica que guarda todas as histórias das nossas ancestralidades pretas, quando encantada ela se abre e revela histórias que valorizam nossas identidades e nossas histórias de origem.

Quando: Dia 28/5, sábado, às 16h |Duração: 50 minutos | Classificação: Livre | Entrada: Gratuita – Sem retirada de ingressos.

CRIANÇAS

Minha realeza ancestral

Dos reflexos das águas dos rios, mares, cachoeiras eu me vejo, vou de encontro a minha ancestralidade. Construo meu próprio espelho, no intuito de libertação dos julgamentos alheios, mas também como suporte de enxergar minha beleza, sou potencia e amor, através dele encontro a minha continuidade. Qual é a sua história?
Com a Cia. Caruru.

Quando: Dia 28/5, sábado, às 11h e às 14h30 | Duração: 60 minutos | Classificação: De 4 a 12 anos | Entrada: Grátis – Entrega de senhas no local com 20 minutos de antecedência.

Descobrindo nossos tesouros: mulheres negras que ecoam

Uma expedição em busca dos tesouros da cultura africana e afro-brasileira é conduzida pelas referências e histórias de mulheres negras como Ngola Nzinga, Conceição Evaristo, Carolina Maria de Jesus, nossas mães e avós, entre outras. Escavaremos as memórias, demarcando os territórios e compondo os espaços de conhecimento. Nossa maior finalidade nessa caça ao tesouro é partilhar por grandes histórias a diversidade e a desmistificação cultural do continente africano.Com a Cia. Caruru.

Quando: Dia 29/5, domingo, às 11h e às 14h30 | Duração: 60 minutos | Classificação: 4 a 12 anos | Entrada: Grátis – Entrega de senha no local com 20 minutos de antecedência.

ARTES VISUAIS

Customização de camisetas com Tie-dye – Turma 01

A oficina se propõe a desvendar e desmistificar as possibilidades da técnica do Tie-dye, explorando as variações e nuances das manchas causadas pelo processo de ‘descolorização’. Cada participante irá experimentar a técnica customizando uma camiseta que poderá ser levada para casa.

Com Lígia do Céu, bacharelanda em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes, em São Paulo, vive em Mogi das Cruzes, cidade onde nasceu. Seu trabalho transita entre ilustração, tatuagem, desenho, pintura e serigrafia. Além disso, também atua como arte-educadora dando oficinas de criatividade em ONGs e iniciativas populares.

Quando: Dia 28/5, sábado e dia 29/05, às 14h | Duração: 180 minutos |
Classificação: A partir de 14 anos | Entrada: Grátis – Entrega de senhas no local com 20 minutos de antecedência.

MEIO AMBIENTE

O Mundo dos Cogumelos

Nesta conversa, falaremos sobre a estrutura necessária para o cultivo de cogumelos, exigências climáticas, preventivos de contaminantes, manipulação do composto, terra de cobertura, pré e pós-colheita. Com Sítio Kitaguchi.

Quando: Dia 28/5, sábado | Duração: 120 minutos | Classificação: A partir de 16 anos | Entrada: Grátis – Distribuição de senhas no local 20 minutos antes do início.

Aves Daqui

Divertida, desafiadora, democrática e instrutiva. A observação de aves é uma prática fácil e que pode ser feita em diversos lugares, a qualquer momento e com poucos ou até nenhum recurso.

Nessa caminhada pelo Sesc Mogi das Cruzes, vamos conhecer e reconhecer as espécies de aves que visitam a Unidade com o auxílio de binóculos, guia de identificação, olhos afiados e ouvidos apurados. Com Gustavo Faria, agente de educação ambiental do Sesc.

Quando: Dias 28/5 e 25/6, sábados, às 9h | Duração: 120 minutos | Classificação: A partir de 12 anos| Entrada: Grátis| Vagas limitadas – Distribuição de senhas na portaria a partir das 8h45.

Comente abaixo