A Semana



Mogi lança projeto de reciclagem de óleo de cozinha

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Proteção Animal realizou, nesta sexta-feira (22/9), no Parque Centenário, o lançamento do Projeto Mogi Recicla + Óleo, que instalará 20 pontos de entrega de óleo de cozinha usado para troca por barras de sabão ecológico.

“Nossa gestão é voltada para as pessoas e estamos trabalhando para construir uma cidade cada vez mais inovadora, com uma economia criativa e sustentável, que ofereça oportunidades reais para as pessoas e, ao mesmo tempo, que respeite o meio ambiente. Já lançamos o projeto de reciclagem do vidro e agora temos também o do óleo de cozinha. Essas ações mostram que estamos no caminho certo, construindo uma Mogi das Cruzes mais sustentável e que dialoga com a sociedade”, afirmou Caio Cunha.

O projeto será realizado em parceria com o Instituto Triângulo, especializado na reciclagem de óleo de cozinha. As orientações para a população que quiser participar são armazenar o óleo de cozinha usado em uma garrafa PET de 2 litros, fechar bem o recipiente para evitar vazamentos e entregar a garrafa em um dos pontos de coleta (veja a lista completa abaixo). A cada 2 litros de óleo de cozinha usados entregues, a pessoa ganha 2 barras de sabão ecológico.

Entre os benefícios da iniciativa, estão a redução das emissões de gases estufa, a reciclagem das garrafas PET e a preservação da água (evitando que o óleo seja destinado equivocadamente na rede de esgoto).

Vidro

Além da reciclagem do óleo, a cidade possui o Projeto Vidro Vira Vidro, lançado em maio e realizado em parceria com a iniciativa privada. Foram instalados 21 contêineres destinados à coleta de vidro para reciclagem em diversos pontos da cidade. Chamados de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), os contêineres serão instalados em regiões como Jundiapeba, Braz Cubas, Jardim Universo, Vila Caputera, Vila Lavínia, Alto Ipiranga, Vila Mogilar, Jardim Armênia e Parque Morumbi, entre outros.

Pontos de troca de óleo de cozinha usado por sabão ecológico:

1) Secretaria do Meio Ambiente e Proteção Animal (Rua Braz Cubas, 470)
2) Secretaria Municipal de Educação (Av. Ver. Narciso Yague Guimarães, 2)
3) Semae (ETA Centro – Rua Otto Unger, 450)
4) Mercado do Produtor (Avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes, 550 – Mogilar)
5) Ecoponto Jundiapeba (Av. João de Souza Franco, 398 – Jundiapeba)
6) Ecoponto Jardim Armênia (Rua Júlio Perotti, 56 – Jardim Armênia)
7) Ecoponto Parque Olimpico (R. Archimedes Carlos Munford, 2 – Parque Olímpico)
8) Mercado Municipal (Rua Cel, Souza Franco, 440 – Centro)
9) Incubadora Social (R. Nito Sona, 2175 – Jundiapeba)
10) EM Profª Maria Luiza Menezes da Fonseca (Rua Sussumu Mori, 40, Vila Jundiaí)
11) EE Profª Irene Caporali de Souza (Rua Dr. Jair Rocha Batalha, s/n, Conjunto Nova Bertioga)
12) EM Profª Cleonice Feliciano (Rua Guaratinga, 400, Jardim Piatã)
13) CEIM Maria Martinha Cardoso Paes (Rua Camilo José de Miranda, 222, Biritiba Ussú)
14) CEIM Mauro Ottoni Martins (Estrada das Aroeiras, 550, Parque São Martinho)
15) CEIM Haydée Brasil de Carvalho (Rua Antenor de Souza Mello, 146, Jardim Maricá)
16) EM Prof. Benedito Estelita de Mello (Rua Rogério Tácola, 300, Socorro)
17) CEIM Elaine Hiratsuka (Avenida José Glicério de Melo, 1771, Jardim Camila)
18) EM Dr. Benedito Laporte Vieira da Motta (Av. Alfredo Crestana, 431, Jundiapeba)
19) EM Profª Marlene Muniz Schimidt (Rodovia Dom Paulo Rolim Loureiro, 8.881)
20) Escola Ambiental (SME) (Rodovia Eng. Cândido do Rego Chaves, 4300 – Km 50 – Varinhas)

Comente abaixo