A Semana



Mogi das Cruzes recebe comitiva da cidade-irmã Seki

Mogi das Cruzes recebeu neste fim de semana autoridades vindas do Japão, do município de Seki, que é a cidade-irmã mais antiga de Mogi; neste ano, serão completados 54 anos de relações internacionais diretas. O prefeito Caio Cunha e a vice-prefeita Priscila Yamagami, recepcionaram o prefeito de Seki, Kenji Ozeki; o presidente da Câmara de Seki, Masayoshi Miwa; o vereador de Seki, Masahiro Adachi, o vice-secretário geral da Câmara de Seki, Norihito Matsuda e o servidor da Secretaria de Cidadania da Prefeitura de Seki, Shinya Nagao, no prédio-sede do Executivo.

A solenidade contou com a participação da Banda Infantojuvenil de Mogi, que executou os hinos do Japão, de Seki, do Brasil e de Mogi das Cruzes. Introdução ao ato do prefeito Caio Cunha, que entregou o decreto de hóspedes oficiais à comitiva e, na presença do Legislativo, também fez a entrega da outorga de título de Cidadão Mogiano ao prefeito de Seki. O ato obedeceu ao Decreto Legislativo n° 177/2023, aprovado em Plenário na sessão do dia 12 de julho.

Este foi o segundo encontro oficial entre as cidades-irmãs neste ano. Em maio, a comitiva de Mogi das Cruzes esteve no Japão, conforme lembrou o prefeito Caio Cunha. “Fomos muito bem recebidos lá no Japão e queremos retribuir todo o carinho e respeito dos nossos irmãos. Espero que possam sentir de perto o quanto a cultura nipônica está arraigada aqui no nosso município. O prefeito Kenji recebe o título de Cidadão Mogiano como um gesto de fortalecimento dos nossos laços de amizade”, disse.

Em retribuição às palavras do chefe do Executivo mogiano, o prefeito de Seki agradeceu a recepção da comitiva. “Fiquei emocionado ao ouvir os hinos do meu país e de Seki aqui, executados tão brilhantemente, mesmo do outro lado do mundo. Aqui, sinto-me em casa e é com muita honra que recebo o título Cidadão Mogiano. Temos orgulho em afirmar que, esta relação de irmandade permanece ininterrupta, firme e cada vez mais forte por mais de meio século”, completou.

Na cerimônia, a Câmara foi representada pelos vereadores Juliano Botelho e Mauro Yokoyama, um dos autores da homenagem legislativa. Também são autores da honraria os vereadores Vitor Emori, Eduardo Ota e Marcos Furlan, presidente do Legislativo. A colônia japonesa de Mogi das Cruzes, uma das maiores do Brasil, foi representada pelo presidente do Bunkyo Mogi das Cruzes, Frank Tuda, e pelo vice-presidente da associação, Daniel Aoyagui.

Além da solenidade no prédio-sede do Executivo, a comitiva cumpriu agenda oficial em empresas da cidade, na Vila Dignidade (Serviço de Acolhimento em República para idosos de baixa renda), no Casarão do Chá, na sede do Bunkyo Mogi das Cruzes e em outros pontos do município. O jantar de despedida aconteceu no sábado e a comitiva retornou ao Japão no domingo (30/07).

Seki é “Cidade-Irmã” de Mogi das Cruzes desde 1969, quando o tratado entre as duas cidades foi assinado. Em 2011, Kenji Ozeki foi eleito pela primeira vez prefeito da cidade de Seki, onde atua até os dias atuais na coordenação do município japonês.

Comente abaixo