A Semana



Alunos da APAE de Mogi participam de campeonato internacional de robótica

Em uma iniciativa inédita, dois alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Mogi das Cruzes vão participar de um campeonato de robótica, o RMS Challenge 2022, que ocorre a partir desta quinta-feira (21) e vai até o sábado (23), no Ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, no Mogilar. Os estudantes do Socioeducacional II, Pedro Paulo Lemos, de 19 anos, e Pamela Gomes dos Santos, de 19 anos, que têm deficiência intelectual, estão no evento a convite de Rafael Mattos, idealizador da competição, por meio da equipe RSM Robótica. O evento terá a presença de peso de universidades do país e até competidores de outros continentes, divididos em 15 categorias. Os alunos Pedro e Pamela vão participar da categoria Sumô 750 g Júnior, nesta quinta-feira (21).

Os robôs com os quais os alunos irão competir foram doados para a APAE de Mogi das Cruzes. “Ensinamos a eles que as competições de robótica são muito mais aprendizado do que vencer uma partida do seu oponente”, comenta Mattos.

A diretora pedagógica da APAE de Mogi das Cruzes, Ana Paula Nogaroto, que, ao lado da coordenadora pedagógica, Alexandra Helena de Medeiros, e da professora Patrícia Rezende Alves Bispo, irá acompanhar os alunos-atletas, fala sobre a importância da participação deles em um campeonato como este. “Para nós, é uma novidade. A robótica não é uma atividade presente no nosso conteúdo escolar, ou seja, não é algo que faz parte do dia a dia, em sala de aula, por exemplo, como parte do aprendizado, mas a tecnologia é algo que faz parte das nossas vidas, e disso não há como fugir. E não se pode deixar de falar que o esporte trabalha a atenção, o interesse deles num tema inédito, desenvolve o raciocínio (pois eles têm de criar estratégias de ‘luta’ um robô com o outro), o cognitivo, o processo de aquisição de novos métodos de aprendizagem em sala de aula. Ou seja, é uma experiência única para eles, que vão ter o contato com pessoas não somente do Brasil, mas como de outros países”, analisa Ana Paula.

Os alunos estão treinando todos os dias esquemas táticos de luta com os robôs, sob a supervisão das professoras.

RSM Challenge, que é realizado desde 2019, entrou neste ano no calendário de eventos esportivos do município. A disputa deverá reunir competidores da Colômbia, Canadá, Filipinas, além do Brasil, com a estimativa da participação de 800 competidores. Devem passar pelo evento, de acordo com a organização, um público rotativo de 2 mil pessoas.

Acesse o site www.rsmchallenge.com.br e saiba mais sobre a competição.

Comente abaixo