Colunas

20 de abril de 2017
 

Fernanda Moreno

Jovem e batalhadora, Fernanda Moreno da Silva, 35, é a única representante feminina na Câmara Municipal. Eleita para o seu primeiro mandato como vereadora, com 1,2 mil votos, ela pretende levantar a bandeira da causa animal e da assistência social aos seus tutores. Além disso, está engajada com ações de conscientização do meio-ambiente e da proteção de animais silvestres e, em maio, pretende iniciar um ciclo de palestras nas escolas da cidade. Mogiana, cresceu no Mogi Moderno, e sua paixão pelos animais vem desde cedo. “Abandonavam gatinhos na minha casa, eu resgatava, cuidava e doava. Castrei o primeiro gato quando tinha 14 anos”, conta. É formada em Gestão em Relações Humanas pela UBC desde 2007 e pretende ainda cursar Direito.

Fernanda Moreno | Vereadora

Aos 15 começou a trabalhar como vendedora em uma loja do shopping e, aos 16, foi para uma loja do Centro. Quando tinha 19 anos, fez um estágio no Senai de Suzano e em 2005 passou em um concurso para o então banco Nossa Caixa. Após a fusão com o Banco do Brasil, em 2010, permaneceu no grupo e passou por várias funções, como caixa, assistente de Pessoa Jurídica, e atendimento, totalizando 12 anos na empresa. Entre 2013 e 2014 também foi assessora parlamentar na Câmara Municipal. Na causa animal, foi voluntária de uma ONG de Mogi por cinco anos e em 2014 fundou o Grupo Fera que levanta a bandeira do ativismo animal e hoje o grupo mantém quase 100 animais. Mora até hoje no Mogi Moderno e a paixão pelos bichos contagiou os seus pais, que a ajudam a cuidar dos 12 cães e 16 gatos da família, além dos animais a quem dá lar temporário. “Os meus pais são muito parceiros e me ajudam a cuidar deles”, elogia. Na cozinha, sua predileção é para as massas. Sempre achou que era aquariana, mas o mapa astral a levou para o signo de Peixes, de quem herdou a sensibilidade, e também as características de Aquário, como a vontade de mudar o mundo. Confessa que se cobra demais e espera muito dos outros. Seu estilo de vestir é básico e não dispensa calças pretas. Gosta da cor verde, se perfuma com Essencial da Natura, adorou ler “O Caçador de Pipas”, de Khaled Hosseini e gosta de filmes de suspense. Apaixonou-se por Canela e Gramado, no sul,  e seu sonho de consumo é viajar e ter um ônibus para atendimento veterinário. A sua principal meta é fazer uma boa vereança e aprovar projetos eficazes e condizentes com a realidade da cidade. Protestante, a filha de Ilídio Machado da Silva, 74, e Carmen Moreno da Silva, 68, aprendeu com os pais a respeitar os outros e a ajudar o próximo. Na vida, considera que o mais importante é ser útil e se doar. A sua frase: “As pessoas se preocupam demais com o mostrar, eu me preocupo com o saber, conhecer e respeitar”, do pensador ChozoNeto.





 
Veja também
 

 
Os filhos Guerald, Jhonny, Lorine (Reino Unido Vistoria) e Lorraine (Top Queen) rodeiam a mãe Sueli Floeter

Edição 988

Confira as fotos da semana
por A Semana
 

 
 
fernandes

Fazendo o caminho inverso

Brasileiro emigra para o Japão e fala da adaptação à cultura nipônica
por A Semana
 

 
 
1da92b4267f1f9ea693550ec06904405

Gravidez psicológica: sabe o que é?

Entenda tudo sobre esse mal e como combatê-lo
por A Semana
 

 

 
periclisao_

Péricles canta pela primeira vez em Mogi neste sábado

Cantor se apresenta neste sábado no Arena Mix
por A Semana
 

 
 
Rodrigo Kiyoshi - Me Gusta (1)

Me Gusta está com novidades

Lanche de linguiça de pernil caseiro promete agradar a todos os gostos
por A Semana
 

 
 
homenagem rotary

A Semana é homenageado pelo Rotary Clube Mogi – Norte

Fabíola Pupo recebeu a homenagem do presidente Darton Ceola
por A Semana
 

 

 
estacionamento

Novos locais proibidos para estacionar

Nova proibição na região central começa a valer nesta sexta-feira, dia 23
por A Semana
 

 
 
por A Semana
 

 
 
capa 988.indd

Edição 988

Acompanhe aqui nosso jornal digital, e fique por dentro dos fatos que viraram notícia e marcaram a SEMANA em Mogi das Cruzes e Região
por A Semana