A Semana



Mogi Tech Academy tem inscrições abertas para cursos gratuitos

Os mogianos que quiserem iniciar uma carreira na área de tecnologia têm à disposição uma plataforma com 192 cursos gratuitos e sem limite de vagas. É o Mogi Tech Academy, um programa de formação e colocação profissional nas áreas de desenvolvimento de sistemas, programação, inovação e tecnologia lançado nesta segunda-feira (23/5), pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação. O evento de lançamento do programa foi realizado na Arena do Polo Digital, em Cezar de Souza, e o link para se inscrever nos cursos já está disponível (clique aqui).

O prefeito Caio Cunha e a vice-prefeita Priscila Yamagami Kähler acompanharam o lançamento da plataforma, ao lado do presidente da Câmara, Marcos Furlan. Caio Cunha relembrou sua carreira profissional, ligada à área de tecnologia, e recordou-se que teve de viajar durante 12 anos para São Paulo, onde trabalhava. Os cursos de formação, segundo o prefeito, também eram poucos. Com a Mogi Tech Academy, a formação agora está à disposição dos mogianos, gratuitamente e sem limite de vagas – todos podem participar. Caio agradeceu o deputado estadual Sérgio Victor, que ajudou na construção do projeto em Mogi das Cruzes, por meio da plataforma online de formação gratuita Novo Futuro Tech.

“Hoje a Mogi Tech Academy está dando certo porque você nos acolheu, você somou força com a gente, com o Polo Digital. Queria te agradecer e te parabenizar. Obrigado, Sérgio, por essa parceria”, afirmou o prefeito, para comentar em seguida: “As pessoas estão no centro do nosso mandato. Isso aqui é uma prova de que os cidadãos estão no centro do nosso projeto. O mercado de tecnologia está borbulhando de vagas e não tem gente preparada para ocupar essas vagas. Minha provocação é: espalhem, divulguem, façam esses cursos”, completou o prefeito.

Priscila Yamagami Kähler também convidou a população a conhecer a plataforma e, principalmente, divulgá-la: “Eu quero deixar para vocês mais do que uma reflexão: um convite, uma ação, uma atitude. Convide alguém que você sabe que está precisando de uma oportunidade de trabalho. Chame para conhecer, mostre esse projeto. Ele é lindo, mas precisa de fomento, de movimento, de gente fazendo. Vamos convidar essas pessoas para virem e conhecerem o Mogi Tech Academy”, afirmou Priscila.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Gabriel Bastianelli, reforça que o Mogi Tech Academy pretende solucionar um significativo gargalo na área de tecnologia da informação, que existe em todo o Brasil. Os cursos serão de Educação à Distância (EaD), em uma área onde faltam profissionais e que, ao mesmo tempo, oferece boa remuneração.

“São 192 opções de cursos, sem limite de vagas e que oferecerão aos alunos as tecnologias mais requisitadas pelo mercado. Os participantes farão o curso em seu próprio ritmo, com os melhores especialistas e aqueles que concluírem a carga horária necessária receberão certificados”, explica Bastianelli.

Mercado promissor

O déficit de profissionais de tecnologia da informação é crescente no Brasil e deve chegar a 800 mil vagas abertas e sem preenchimento até 2025. Além disso, é uma área que proporciona crescimento profissional, valorização financeira e reconhecimento. Uma pesquisa da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom) mostra que os empregos no setor cresceram 14,4% no ano passado. A média é mais do que o dobro do registrado nacionalmente quando se trata de outras áreas.

Por outro lado, muitas pessoas pensam em mudar de área de atuação e o Mogi Tech Academy oferece uma possibilidade concreta para quem tem este objetivo, oferecendo cursos gratuitos e disponíveis para todos os interessados. Neste sentido, complementa Bastianelli, será possível mitigar um pouco a demanda nesse segmento, que tanto afeta o mercado de trabalho. O secretário reforça que o setor de tecnologia é um dos que mais cresce, mais emprega e melhor remunera no Brasil.

Entre as opções de cursos disponíveis estão o “Bootcamps”, que proporciona o aprendizado de forma imersiva com aulas e projetos práticos que preparam os alunos para o mercado de trabalho. Outra opção é o curso “Live Coding”, em que os participantes são inseridos em uma sessão ao vivo e personalizada com os melhores profissionais do mercado para tirar dúvidas, praticar e construir seu portfólio de projetos, além de aprender os atalhos para desenvolver a sua carreira. Há ainda o curso “Acelerações”, que capacita os alunos a acelerarem suas carreiras de forma imersiva, com aulas e projetos práticos.

Comente abaixo