A Semana



Dr. Deodato Wertheimer

Foi em 2 de julho de 1889, quatro meses antes da proclamação da república que Augusta de Paula Petit e Augusto Wertheimer tiveram a felicidade de ver nascer seu filho, Deodato Petit Wertheimer.

Nos primeiros anos de sua vida ele passou em São Paulo, mas logo foi transferido para Friburgo, no Rio de Janeiro, onde, aos 11 anos, iniciou seu curso secundário no Colégio Anchieta, dos Jesuítas.

Em 1907, entrou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Durante o período do seu curso, foi interno do Hospital da Marinha e da Santa Casa de Misericórdia. Em 1912, diplomou-se e retornou para São Paulo para trabalhar como assistente de médico na Maternidade São Paulo, e depois, no Instituto Paulista.

Em 1913, Wertheimer chegou a Mogi a pedido do então prefeito Cel. Souza Franco, para atender a uma de suas filhas. Casou-se com Leonor, também filha do prefeito e instalou um consultório na cidade, onde fez carreira como clínico e político.

Em 1915, foi fundado o Centro Político e Republicano de Mogi das Cruzes, para o qual o Dr. Deodato foi eleito seu primeiro presidente.

Em 1919 elegeu-se vereador com a maior votação da cidade, foi prefeito em 1920 e deputado estadual em 1922, como um dos mais votados de seu partido, o PRP. Como prefeito deu grande atenção a população carente, fundou a primeira maternidade de Mogi das Cruzes, lançou planos para construir estradas como Mogi das Cruzes ao Alto da Serra, a Salesópolis, a Santa Branca, a Santa Isabel e a São Paulo. Inaugura ainda em 1920 o distrito de Suzano. Destacou-se no combate à gripe espanhola. Instalou a primeira rede de galerias fluviais substituindo o sistema antigo, urbanizou os largos do Carmo e do Rosário e pavimentou a praça do Ipiranga. Com a Revolução de 1930, sua carreira política foi interrompida.

Em 24 de outubro de 1930, Getúlio Vargas tomou o poder de Washington Luiz. Em Mogi, o poder do ex-presidente era representado por Deodato Wertheimer. Tão logo souberam da notícia dezenas de getulistas invadiram a casa de Wertheimer e a queimaram.

Com a revolução, prefeitos foram destituídos e em Mogi veio como interventor, o Cel. Eduardo Lejeune e Deodato Wertheimer é preso.

Em 1932, durante a Revolução Constitucionalista e já distanciado da política, o Dr. Deodato liderou com Dr Milton Cruz várias campanhas de auxílio aos combatentes

Em 15 de agosto de 1935 ele faleceu em São Paulo aos 47 anos de idade, e seu enterro, realizado em Mogi foi acompanhado por cerca de 5000 pessoas em uma manifestação popular até então jamais vista na cidade.

Fontes:

  • Internet
  • Os maiores personagens de Mogi das Cruzes – Regis de Toledo – Coleção Cidades – Volume 1 – 2002

Comente abaixo