A Semana



Bairros afastados do Centro começam a receber mutirões de manutenção

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana iniciou nesta semana a execução de um planejamento estratégico, que visa garantir manutenções mais amplas e duradouras em distritos e bairros afastados da área central, a partir da atuação das Administrações Regionais. O plano é do Departamento de Manutenção Urbana e Rural e Controle das Regionais e prevê atendimentos até o final deste ano.

A programação é dividida em sete etapas, que abarcam todas as regiões descentralizadas da cidade. A ideia é garantir a manutenção de todos os locais mapeados e, na última etapa, fazer um repasse geral por todas elas. Dessa forma, a zona rural e afastada da área central da cidade estará bem preparada para mais um período de verão, o que contribui para a diminuição de ocorrências derivadas das chuvas.

As primeiras regiões atendidas são a Chácara Murata, a Vila Moraes, Manoel Ferreira, Jardim Aeroporto III, Jardim Cecília, Aroeira, Parque São Martinho, Barroso, Bento de Campos, estradas do Arai, Ueda, Vicente Machado, Lagoa Nova e a região do Brejinho, em Cezar de Souza. Tudo isso com a atuação das Regionais dos Bairros da Divisa, de Biritiba Ussu, de Braz Cubas, de Jundiapeba, de Quatinga, de Taiaçupeba, de Sabaúna e de Cezar de Souza.

A previsão é que aprimeira etapa seja finalizada em meados de junho. Ainda em abril, devem ser abertas frentes para atender regiões que constam na segunda etapa do planejamento, como os Jardins Piatã I e II, além do perímetro urbano de Taiaçupeba. Também estão na segunda fase locais como Cocuera, Biritiba Ussu, São Lázaro, Jardim 9 de Julho, estradas da Pedrinha e Chaparral, bem como o Conjunto Jefferson.

A programação é dividida em sete etapas, que abarcam todas as regiões descentralizadas da cidade

Comente abaixo