Tatiana Moya

Publicado em 23 13:22:25/03/2018

     

Foi com a determinação típica feminina que Tatiana Santos Moya Russo, 40, assumiu a diretoria cultural do Clube de Campo de Mogi. Na sua gestão, pretende incentivar atividades culturais como saraus, sessões de cinema ao ar livre e exposições artísticas, e fortalecer o papel da mulher dentro do clube. Nasceu no Hospital Santana pelas mãos do Dr Arístides, de quem guarda recordações carinhosas. “Seis anos depois, ele permitiu que eu entrasse no hospital para visitar a minha irmã Thaís, quando ela nasceu”, explica. Formou-se em Odontologia pela UMC em 99 e fez pós em Odontologia para Bebês na USP. O mundo das vendas a fascinou e a fez se formar no curso de tecnóloga em Vendas e Estratégias Comerciais pela UBC e a frequentar um curso do tema na FGV. Atualmente faz pós em Psicanálise na SBPI em São Paulo.

Tatiana Moya | Corretora de imóveis

 Aos 13 revendia roupas para as amigas e, aos 19, expandiu os negócios para bijuterias. Já formada, trabalhou como dentista por quatro anos e, em 2005, optou pela carreira de corretora de imóveis, na Andreucci Imóveis, onde trabalha até hoje como gerente de lançamentos. Em 2015, decidiu com o marido viver um ano sabático em Orlando, nos EUA, mas a paixão pela profissão falou mais alto. “Não resisti: acabei trabalhando lá, no mercado imobiliário”, brinca. Mora no Socorro, com o marido Fernando, fisioterapeuta, e a cachorrinha Sharapova, da raça Yorkshire. O casal gosta de cinema, teatro e espetáculos. Na cozinha, o seu forte são as tortas e bolos. Canceriana, mantém laços longos com as pessoas, é emotiva, porém, guarda muito as experiências ruins. Pratica beach tennis e coleciona caixas de fósforos desde os 10 anos, todas catalogadas. Adota o estilo clássico renovado, turbinado com um colar de pérolas, e a cor cinza. Há mais de 18 anos usa os mesmos perfumes: no verão, Acqua di Giò, e, no inverno, Mont Blanc. Recomenda o livro “Infiel”, de AyaanHirsi Ali, e o filme “Amor Sem Fronteiras”, com Angelina Jolie. Em sua viagem, a cidade de San Francisco, na Califórnia, arrebatou-lhe pela diversidade e cultura abrangente. No Brasil, os laços familiares com Aracaju-SE a fazem ter um carinho pelo Nordeste. Sonha poder viajar de seis em seis meses e planeja, após terminar a pós, realizar atendimentos gratuitos para a população. A filha primogênita de José Carlos Moya, 67, e de Josefa Santos, 63, aprendeu com o pai a ser flexível e com a mãe a ter um olhar mais solidário. Na vida, o mais importante é não ter compromisso com o orgulho. O seu lema de vida está tatuado na sua perna: “Onde não puderes amar não te demores”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados