Prefeitura intensifica fiscalização contra vandalismo

Publicado em 29 09:42:44/03/2013

     

Nos últimos tempos, Mogi foi, mais uma vez, alvo de vândalos. O Mogi Skate Park sofreu com o furto de fiação elétrica e no Parque Botyra se tornou comum ver pichações por todos os lados. Somente em fevereiro deste ano, foram registrados oito casos de vandalismo. Segundo o secretário de Segurança, Eli Nepomuceno, com o aumento de casos registrados neste início do ano, a Prefeitura decidiu intensificar as fiscalizações nos locais mais atingidos, para tentar coibir esse tipo de ações. As câmeras de monitoramento espalhadas pela cidade também auxiliam o trabalho dos guardas municipais. “Os indivíduos estão sendo identificados através das câmeras de monitoramento. Eles são encaminhados para a delegacia podendo pegar pena de um ano ou pagar multa de aproximadamente R$ 6 mil”, reforça Eli.

As pichações espalhadas por paredes de escolas, lojas ou edifícios públicos são crime. No entanto, este tipo de vandalismo não pode ser confundido com o grafite, considerado arte. O grafiteiro Thiago Fernandes Castro acredita que a pichação se tornou uma cultura de uma geração que pratica esse tipo de intervenções. “Mogi vive hoje sem dúvida a época mais devastadora da pichação. Todo dia a cidade está sendo modificada com novas inscrições”, afirma. Para o artista, é necessário criar alternativas a esta geração e às seguintes. “Eles fizeram sua própria cultura, e se não for oferecido nada de melhor, a pichação vai aumentar”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados