OAB-Mogi pede intermediação para conquista de uma Vara da Violência Doméstica

Publicado em 06 13:25:02/12/2017

     

O deputado estadual Marcos Damasio (PR) se reuniu na terça-feira (05/12) com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Mogi das Cruzes e da ONG Recomeçar. O tema principal do encontro foi a necessidade de instalar uma vara especializada em violência doméstica para atender ao crescente número de casos no município. Participaram da reunião com o parlamentar os advogados Marcelo Eduardo Inocêncio, presidente da OAB-Mogi; Fernanda Guttierrez Fernandes, presidente da Comissão da Mulher Advogada; Flávia Ramalho da Silva, vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada; Fábio Simas Gonçalves, tesoureiro da OAB-Mogi; e Rosana de Sant’ana Pierucetti, presidente da ONG Recomeçar. O encontro é uma continuidade do trabalho do republicano, que vem desde o ano passado, discutindo o assunto com autoridades locais. O grupo apresentou números preocupantes. Só de 2012 a 2016 foram registrados, em Mogi, 8.015 casos. E, até o momento, já são 1.408 ocorrências. “Estes dados justificam uma Vara da Violência Doméstica na cidade”, argumentou Rosana. Com a vara especializada, Mogi reforçaria sua estrutura de atendimento aos casos de violência. “Estamos avançados neste quesito, já possuímos a Delegacia de Defesa da Mulher, a Ronda Maria da Penha, guardas municipais capacitados para este atendimento e o acolhimento. Merecemos uma Vara de Violência Doméstica”, reforçou a presidente da ONG Recomeçar. “Vamos levar todos estes números ao presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, e lembrar que já temos quase 500 mil habitantes, o que, por si só, já justificaria o investimento. Vamos trabalhar juntos para mais esta conquista”, disse Marcos Damasio.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados