O estresse e o coração

Publicado em 26 18:53:50/04/2018

     

Trabalho intenso, trânsito, casa, marido, esposa, filhos, dificuldades financeiras, desemprego, doenças. A vida moderna faz com que as pessoas precisem se adaptar cada vez mais às preocupações do dia a dia. Mas e quando a ansiedade e o nervosismo tomam conta, vem o tão temido – e, infelizmente, tão presente – estresse. Isso causa uma tensão desmedida e uma sensação de precisar estar sempre em alerta. Em recente pesquisa inglesa, descobriu-se que o gênero e a idade influenciam muito quando o assunto é estresse. Segundo o estudo, as mulheres estão mais suscetíveis ao estresse do que os homens, especialmente em eventos simples do dia a dia, Uma possível explicação para isso seria o fato de elas se sentirem mais cobradas pela sociedade. A idade também é um fator importante. A pesquisa revela que o estresse certamente se atenua com o tempo e também pode ser maior para aqueles com mais estudo. De acordo com a médica angiologista e cirurgiã vascular Maria Gabriela Sacramoni Espindola, os primeiros sinais de estresse aparecem com sintomas como dor de cabeça, insônia, alteração de apetite, pressão alta, aumento ou perda de peso. “Após tempo prolongado sobre efeito do estresse, ocorrem outras manifestações no corpo como tensão muscular, alterações intestinais como diarreia ou constipação, dores no peito, falta de ar, sinais de ansiedade ou depressão, dificuldade de aprendizado e crises de pânico”, explica a especialista. Apesar de ser uma doença típica do mundo moderno, de que é difícil de escapar, é possível contornar o problema. A dica da médica é “tentar evitar situações que causam o estresse, além de fazer atividades relaxantes, como conversar com alguém, tirar férias, viajar ou praticar atividades físicas”. Coração E com todo este estresse, como fica o coração? Para Maria Gabriela, as situações estressantes podem, sim, causar problemas vasculares. É que a amígdala, região do cérebro responsável por controlar os sentimentos, quando está sob estresse, envia sinais para a medula óssea, para que esta produza mais células brancas para o sangue. “Estas células vão causar inflamação nas artérias e isto pode causar ataques cardíacos, angina e derrames”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados