João Feijão dá início em pré-temporada com visita ao Clube de Campo de Mogi

Publicado em 22 13:44:43/01/2018

     

O tenista mogiano João Olavo Soares de Souza, o Feijão, está pronto para duas disputas importantes nas próximas semanas. O atleta está confirmado nos torneios Rio Open e Brasil Open, no mês que vem. Depois, Feijão e a família se mudam para os Estados Unidos, onde fixarão residência. O tenista falou sobre os novos desafios durante visita, na  manhã desta sexta-feira (19/01), ao Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC). Feijão deu os primeiro passos na bem sucedida carreira nas quadras do clube mogiano. O atleta, que coleciona títulos nacionais e mundiais, e hoje ocupa a 245ª posição no ranking internacional da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), aproveitou a visita para relembrar os tempos em que iniciava no tênis, tendo, inclusive, defendido as cores do Clube de Campo de Mogi. Ele foi recebido pelo presidente do CCMC, Pedro Paulo Gonçalves. Durante a visita, Feijão contou que está confirmado para jogar o Rio Open, de 19 a 25 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, em dupla com o britânico Jamie Murray. Em seguida, de 26 de fevereiro a 4 de março, na categoria simples, o mogiano disputará o Brasil Open, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Devido aos compromissos, Feijão raramente está em Mogi, mas nesta sexta fez questão de voltar às quadras do clube e jogar tênis, ainda que brevemente. Amigo do tenista, o presidente do CCMC, Pedro Paulo, considerou uma honra recebê-lo nesses dias que antecedem o início de mais uma maratona de jogos. “Eu o conheço desde quando ele era criança e dava os seus primeiros passos no tênis. É um grande atleta e um orgulho para o CCMC e para a cidade. Nesta sexta, ele nos deu o privilégio de iniciar a pré-temporada nas quadras do clube”, exaltou Pedro Paulo. “Voltarei ao clube antes de jogar o Brasil Open”, prometeu o atleta, que, após o torneio do Ibirapuera, irá morar com a família nos Estados Unidos.   Trajetória Foi nos torneios Challenger que Feijão teve maior destaque como profissional em seu início de carreira. Após algumas semifinais em 2008 e 2009, o mogiano foi finalista em Medellin, na Colômbia. Em 2010, Feijão conseguiu o primeiro bom resultado em um torneio ATP. Foi semifinalista do ATP 250 de Viña Del Mar, no Chile. A derrota surgiu apenas diante de Juan Monaco, argentino TOP 30 na época. No ano seguinte, após ter destaque em mais um ATP 250, Feijão conseguiu, pela primeira vez, entrar no TOP 100 do ranking mundial. Também em 2011, o tenista mogiano conseguiu uma classificação inédita de US Open. Feijão chegou a disputar o posto de tenista número 1 do Brasil com Thomaz Bellucci. E essa posição chegou a ser confirmada em 2014, quando se consagrou campeão do torneio Challenger de São Paulo, logo no início da temporada.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados