Indústria da construção não cresce há um ano

Publicado em 26 10:55:51/04/2013

     

[caption id="attachment_7593" align="aligncenter" width="560"] Apesar do cenário, setor está confiante no crescimento[/caption] A atividade na indústria da construção civil completou em março um ano sem crescimento efetivo. O nível de atividade do setor caiu pelo quinto mês consecutivo, com indicador de 48,9 pontos no mês passado, puxado pelas pequenas e médias empresas. As informações são da Sondagem Indústria da Construção, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira (24). Os indicadores variam de zero a cem. Valores abaixo de 50 indicam queda da atividade ou atividade abaixo do usual.

De acordo com a pesquisa, o desaquecimento da indústria da construção fica claro no indicador de atividade em relação ao usual, que está abaixo dos 50 pontos desde maio de 2012 e, em março, atingiu 45,2 pontos, o menor nível da série. “O segmento claramente não passa ileso à desaceleração da economia brasileira”, assinala a Sondagem.

Mesmo com a queda na atividade e as dificuldades enfrentadas no ambiente de negócios, a indústria da construção mantém, em abril, a expectativa de crescimento. Esse otimismo, contudo, está menos disseminado, com indicadores inferiores aos do início de 2012. Neste mês, o indicador das perspectivas para nível de atividade registrou 58,7 pontos, ante 60,3 pontos em abril de 2012. Em relação a novos empreendimentos e serviços, o indicador ficou em 59,2 pontos, abaixo dos 60,5 pontos de abril do ano passado.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados