Ele contra os outros

Publicado em 12 06:39:38/01/2018

     

Esta semana, a população de Mogi das Cruzes recebeu a notícia de que o número de vereadores pode diminuir graças à proposta do atual presidente da câmara Pedro Komura (PSDB). Se aprovado, a medida entrará em vigor a partir da próxima legislatura. Porém, alguns parlamentares já estão tremendo de medo e desejando que isso não se torne realidade. Parece que Komura mal começou seu mandato como chefe da Casa e já está colecionando inimizades dos colegas. Atualmente, a câmara possui 23 vereadores e, com a medida, passaria a ter 19. Mas, para alguns, a diminuição acarretaria na perda da representatividade da população. A pergunta agora que fica é: será que o povo está bem representado? Isso tudo depende do ponto de vista. Para os mais críticos, a representatividade está longe do aumento aprovado dos impostos. Mas, para muitos, vários parlamentares fazem pouco pela população e, caso haja diminuição do número de cadeiras, acabaria diminuindo a possibilidade de mais pessoas entrarem para o Legislativo, fazendo com que se perpetuasse a tal da velha política dos coronéis. A título de exemplo, na primeira legislatura em que a Casa de Leis passou a contar com 23 edis, o atual vereador mais votado, Caio Cunha, sequer teria entrado. Claro que muitos vereadores apoiam os moradores da cidade e criam causas e projetos para melhorar ainda mais a vida dos mogianos. Com a decisão favorável à diminuição, diminui também a chance de a população ver eleito o seu candidato. Quem é bom político não precisa temer certas decisões, pois a população sabe quem faz e quem não faz. A medida faria grande diferença, pois assim, quem sabe, os vereadores de Mogi começassem a disputar quem apresenta mais serviço aos moradores. A proposta seria uma das formas de diminuir o orçamento da Câmara. O presidente da Casa, que sempre mostrou ter bom senso e não se envolvia em grandes polêmicas com os colegas, tem uma batalha pela frente caso queira ver a sua ideias aprovada. Apesar de todos os prós e contras gerados em torno deste assunto, a população deve sempre ser colocada em primeiro lugar, já que são os eleitores que colocam cada um em seus devidos assentos de parlamentares. E esse lugar deve ser muito merecido.   CHARGE DA SEMANA [caption id="attachment_35760" align="aligncenter" width="300"] por Gabi Costa[/caption]






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados