Câmara cobra serviço para dependentes

Publicado em 02 05:53:24/03/2018

     

Durante audiência de prestação de contas da Secretaria de Saúde na Câmara Municipal, os vereadores voltaram a cobrar da prefeitura um serviço de atendimento para dependentes de álcool e drogas. O vereador Mauro Araújo questionou o secretário Marcello Cusatis sobre o CAPS-AD – Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas, serviço específico para o cuidado, atenção integral e continuada às pessoas com necessidades em decorrência do uso de álcool, crack e outras drogas. Cusatis argumentou que o custo mensal do funcionamento do CAPS-AD ficará entre 400 e 500 mil reais, recursos de que a Prefeitura ainda não dispõe. “Todo equipamento de saúde que atende 24 horas é muito caro”, explicou. No entanto, Cusatis afirmou que o equipamento está no planejamento da Prefeitura, que pretende inaugurá-lo no segundo semestre do ano. Outro assunto debatido foi a questão da transparência das organizações sociais que prestam serviços à Saúde em Mogi das Cruzes. Ainda no começo da prestação de contas o vereador Chico Bezerra cobrou os relatórios financeiros das entidades referentes aos últimos meses, para que sejam incorporados nas próximas prestações de contas. O evento serviu para debater sobre o cumprimento das metas fiscais até o terceiro quadrimestre do ano passado. Na ocasião, Cusatis apresentou o total de investimentos realizados em serviços de saúde em 2017, quando foram aplicados R$ 162 milhões. O valor é equivalente a 22,69% da receita de impostos no período, que foi de R$ 713,8 milhões, e supera em 7,69 pontos percentuais o índice exigido pela Constituição, que é de 15%.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados