Banhos de mar e piscina podem inflamar ouvido e causar otite

Publicado em 16 14:33:26/01/2018

     

O uso da piscina ou as idas para praia são mais frequentes neste período do ano. São ótimas opções de lazer em dias mais quentes, mas requerem cuidados com os ouvidos. Isso porque mantê-los molhados por muito tempo pode inflamá-los, causando otite externa. Essa inflamação é causada por bactérias ou fungos, podendo atingir desde o tímpano até o pavilhão auricular. De acordo com o otorrinolaringologista Mohamad Saada, qualquer pessoa pode desenvolver uma otite externa, mas ela é mais comum em pessoas que frequentam piscinas ou tomam banho de mar, por isso também é conhecida como otite de nadadores. “A exposição a água retira a proteção do conduto auditivo externo além de deixá-lo úmido tornando-o ambiente ideal para a proliferação de bactérias e fungos. Além disso, colocar os dedos, cotonetes ou outros objetos nos ouvidos pode danificar a fina camada de pele que reveste o canal auditivo, causando este tipo de infecção”, explica.   Sintomas Os sintomas podem iniciar com coceira e evoluir para dor, inchaço e sensação de ouvido tampado. "Diabéticos e imunodeprimidos devem ficar mais atentos, pois podem evoluir para uma forma mais agressiva e invasiva", alerta Dr. Saada.   Prevenção – Nunca utilize objetos para coçar ou limpar os ouvidos; – Enxugue a orelha com uma toalha macia enrolada na ponta do dedo; – Quando nadar utilize protetores macios de ouvido para evitar a entrada de água; "Aos primeiros sintomas ou incômodo na região do ouvido, deve-se procurar um otorrino para que seja feito o diagnóstico correto. Não introduza objetos no canal auditivo, nem coloque remédio por conta própria”, finaliza o médico.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados