Ajudando a empoderar mulheres

Publicado em 02 05:46:12/03/2018

     

O 8 de março – Dia Internacional da Mulher - ocorre em meio a um movimento global sem precedentes por direitos, igualdade e justiça. Neste sentido, pessoas do mundo todo têm se mobilizado por um futuro mais igualitário, por meio de protestos e campanhas globais de valorização feminina. E aqui na região não é diferente. É com muita dedicação, respeito e solidariedade às crianças e mulheres de Suzano que as empresárias Marcela Ihara, 30 anos, Stephanie Stein, 28, e Brissa Ioselli, de 28, vêm desenvolvendo desde agosto de 2017 o Projeto Mulheres, em parceria com a fundação MGI, de Suzano, que está há 16 anos cuidando de crianças e idosos que sofrem alguma vulnerabilidade social em comunidades da região. No dia a dia, na Fundação, elas encontram uma maneira de fazer a diferença na vida das mulheres de Suzano. “Hoje, atendemos crianças e mulheres com baixa renda e que passam por algum tipo de preconceito”, ressalta Marcela, uma das fundadoras do projeto. De acordo com ela, o objetivo do projeto é destacar o empoderamento feminino e as questões sociais que abalam de alguma forma a vida dessas mulheres, que têm entre 20 e 30 anos. “A cada encontro, levamos alguma pessoa e um assunto para abordar no projeto, sempre focado no empoderamento feminino. Queremos falar do direito da mulher e para isso precisamos ganhar a confiança delas, para conseguir depois tratar assuntos mais complexos”, explica.   Mudar vidas Os encontros acontecem sempre nas últimas quartas-feiras de cada mês, com as 20 mulheres que estão inseridas no projeto. “Sempre levamos um voluntário para cada encontro. Recentemente, tivemos a presença da nutricionista Monique Leitão, que deu dicas de dieta. Também já levamos pessoas para realizar oficinas, para elas aprenderem a fazer coisas que pudessem vender para ter uma renda extra e agora estamos programando levar uma médica ginecologista para dar algumas dicas sobre saúde da mulher”, afirma Marcela. Tendo um papel fundamental na sociedade, o trabalho voluntário destas mulheres destaca a importância de se fazer uma sociedade melhor para todas. “A fundação dá todo o apoio para a gente, doa espaço para realizar os encontros, as pessoas sempre querem ajudar, inclusive com participação de alguns homens”, conta a fundadora, que destaca a importância e relevância de se fazer o bem e mudar a vida de quem sofre com a desigualdade social “A nossa maior satisfação é mudar a vida delas, se mudássemos a vida de uma pessoa já seria o suficiente para a gente”. [caption id="attachment_36116" align="aligncenter" width="300"] Grupo de mulheres voluntárias faz encontros mensais para ajudar mulheres em situação de vulnerabilidade social[/caption]






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados