Periodontite e a Covid-19

Publicado em 14/05/2021

     

Estudos recentes estão associando casos graves de Covid-19, muitos levando a internações em UTIs e até à morte, em pacientes que apresentam doenças periodontais. Segundo um estudo realizado com 568 pacientes que foram infectados pelo coronavírus publicado no Journal of Clinical Periodontology, foi observado que pessoas com a forma mais grave de periodontite tinham um risco maior de serem intubados. Buscando alertar a população e as autoridades de saúde a respeito da importância dos cuidados em saúde bucal para evitar a gravidade desta e de outras doenças, os dentistas do Grupo Qualidade em Saúde estarão realizando este mês uma campanha de conscientização em todo o país. São mais de mil dentistas que atuam em 21 Estados e no Distrito Federal. 

Mas afinal de contas, como as doenças bucais podem interferir na saúde de pessoas infectadas com a Covid-19? De acordo com o doutor em Ortodontia, Galdino Iague Neto, pacientes com inflamações gengivais graves têm quase nove vezes mais chances de apresentar sintomas graves de Covid-19 e até duas vezes e meia mais chance de falecer.

Muitas infecções começam pela boca, por isso preservar a saúde bucal faz bem para todo o corpo. A periodontite por sua natureza é capaz de gerar uma inflamação sistêmica e está frequentemente associada a doenças cardíacas e respiratórias, além da diabetes. Somente por estes fatores já existe uma relação de gravidade pois está relacionada a comorbidades ligadas a casos graves de Covid-19. “Mais uma vez a prevenção se faz presente, afinal, os cuidados com a boca, incluindo gengivas, dentes, língua e os demais tecidos que a compõem deveriam estar na lista da prevenção, dos cuidados antecipados”, explica o especialista.

A remoção do popular tártaro e o polimento dos dentes, de acordo com Iague, devolvem a saúde da gengiva e “fecham uma porta importante” de entrada e permanência do vírus na cavidade bucal, além de reduzir drasticamente a quantidade de mediadores químicos da inflamação ali presentes, quando a pessoa tem inflamação gengival, seja ela leve ou grave. “Depois da limpeza profissional, a manutenção da saúde gengival deve ser feita pelo próprio paciente, usando corretamente o fio dental e escovando os dentes regularmente”, aconselha.

 

Periodontite

A Periodontite é a forma mais grave da doença Gengivite, uma inflamação na gengiva ocasionalmente gerada por falta de cuidados com a saúde bucal. Com o agravamento e ausência de cuidados, a inflamação se estende e atinge todos os tecidos ao redor dos dentes (periodonto) que os sustentam, provocando reabsorção óssea, retração da gengiva e, consequentemente, amolecimento e perda dos dentes.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados