O autocuidado no envelhecimento

Publicado em 31/07/2020

     

Nunca se viveu tanto tempo – e com tanta saúde. A expectativa de vida do brasileiro nunca foi tão longa. Quem diz isso são as próprias estatísticas: de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a expectativa de vida dos brasileiros é de cerca de 76 anos, três décadas a mais do que era esperado nos anos 40. 

Mas não basta viver mais, é preciso viver melhor. E, para isso, é fundamental que se entenda a relação entre a longevidade e o autocuidado. De acordo com a psicóloga Iracema Camargo, o primeiro passo para os idosos terem uma longevidade com mais qualidade de vida é o autoconhecimento. “É uma preparação ao longo da vida. Quando tomamos conhecimento de que somos seres finitos, percebemos que cada escolha diária é importante. O autoconhecimento é importante para aceitar e não procrastinar decisões ao longo da vida”, afirma a profissional.

O assunto da longevidade foi tema de uma live na última terça-feira, no perfil do jornal A Semana. Na ocasião, Iracema destacou que, para alcançar a tão sonhada qualidade de vida na senescência, alguns hábitos não podem ser esquecidos. “Cada um tem uma história de vida. Mas algumas coisas contribuem para a longevidade, como exercícios físicos, alimentação, hidratação, exames periódicos, espiritualidade, fé em si mesmo, autoconhecimento, amor próprio e autocuidado”, enumera. 

 

Memória

A evolução dos tratamentos médicos e estéticos, sobretudo para a população senescente, tem contribuído muito para aumentar esse autocuidado e, consequentemente, a autoestima. No entanto, a saúde mental não deve ser descuidada e sim colocada como prioridade. Esse aspecto depende praticamente de forma exclusiva da própria pessoa, especialmente quando o assunto é cuidar da memória. Iracema sugere que a pessoa crie uma rotina do seu dia, com horários estabelecidos para as atividades diárias. “Eles podem contar com alguns exercícios específicos para a mente. A conversa diária é ótima para isso, falar sobre as experiências diárias ajuda na memória, sobretudo na mais recente”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados