Muito além de cuidar dos dentes

Publicado em 23/10/2020

     

Ser profissional de Odontologia é muito mais do que consertar dentes quebrados ou desalinhados. A excelência dos tratamentos, cada vez mais modernos, fazem com que o dentista seja um “mago da autoestima”, possibilitando que vidas sejam realmente melhoradas através do sorriso. 

A ortodontista Ana Vidolin conhece muito bem a sensação de ver um paciente feliz com o resultado final de um tratamento. Ela, que é especializada no método Invisalign, com alinhadores transparentes, é prova de que o dentista exerce um trabalho fundamental na saúde e na autoestima das pessoas.  “Cada sorriso finalizado é a certeza do meu sucesso e a felicidade da realização de cada sonho, na expectativa de cada pessoa que procura meu trabalho para conquistar seu melhor sorriso”.

Se é para falar de melhorar a autoestima, vamos falar de Tayná Caroline. Atenta ao mercado, ela decidiu se especializar em harmonização facial e botox para agregar ainda mais serviços à Clínica Dr Fabrício Neves, onde atua. “’É uma área muito promissora, de muita procura e também extremamente encantadora. Os pacientes ficam muito felizes e gratos com as mudanças que a harmonização traz”. 

E no caso de atender crianças, será que muda muito? A odontopediatra Erika Tacon garante que a preparação é diferente. “Os diagnósticos e o perfil do atendimento se baseiam no seu tipo de alimentação, de como respiram, mastigam, como andam, falam, que tipo de comportamento apresentam em casa, na consulta e que patologias sistêmicas elas têm”, explica. Por isso, a odontopediatria precisa de um atendimento multidisciplinar, com otorrinos, pediatras, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e homeopatas.

 

Em tempos de Covid

Os atendimentos eletivos no consultório já foram retomados, mas nada como era antes. “Muita coisa mudou, então nós tivemos que redobrar todos os cuidados que já tínhamos, trabalhamos com um espaço maior entre um paciente e outro e com isso consequentemente atendemos menos pacientes”, explica Tayná. Ana Vidolin usou a tecnologia a seu favor para manter o atendimento. “Os pacientes foram monitorados através de reuniões virtuais e os alinhadores foram entregues em suas residências com todo protocolo de segurança para todos”.

Já o implantodontista Elias de Andrade fala do reforço nos cuidados com os pacientes. “É necessário nos adaptarmos a este novo normal. “Todo o protocolo de segurança foi reforçado”, explica. O profissional adianta ainda os requisitos farão parte da realidade futura da profissão. “Daqui para a frente o atendimento sempre terá a segurança como prioridade”. 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados