A UTI Neonatal na pandemia

Publicado em 27/11/2020

     

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), nascem 30 milhões de crianças prematuras no mundo, no Brasil são 340 mil. Em 17 de novembro, comemorou-se o Dia Mundial da Prematuridade, que tem como objetivo conscientizar e alertar sobre o número de casos de nascimento de bebês prematuros. 

Um bebê é considerado prematuro quando nasce antes das 37 semanas de gestação. No entanto, os casos mais extremos são das crianças que nascem antes das 28 semanas, que vão necessitar de maiores cuidados neonatais. Entre as características de crianças que nascem nessa condição, estão: desproporção da cabeça em relação ao corpo; pele muito fina, brilhante e rosada; veias visíveis; respiração irregular e músculos mais frágeis.

No Hospital e Maternidade Mogi-Mater, a UTI Neonatal é considerada de referência no Estado de São Paulo. O local tem 14 leitos e mais cinco para cuidados intermediários e conta com uma equipe especializada em gravidez de alto risco que acompanha as gestantes nessas condições, diariamente. O espaço conta com incubadoras e berços aquecidos para um maior conforto aos pequenos. 

Também possui dois equipamentos importantes, dificilmente encontrados em outras maternidades. O primeiro é o ventilador de alta frequência, que serve para o resgate de crianças com pulmões em situação crítica. O segundo, chama-se torpedo de óxido nítrico, usado em situações graves, como a hipertensão pulmonar. Esses equipamentos fazem a diferença em uma UTI Neonatal porque são capazes de auxiliar bebês em situações de grande risco.

A médica pediatra e coordenadora da UTI, Isabelle Tribst, destaca que a unidade sempre prezou pelos cuidados no local, mas que todo o rigor nos procedimentos foi ainda mais aprimorado neste período de pandemia. “As visitas estão restritas, alternando os pais, para os dois não ficarem ao esmo tempo, mães que testaram positivo são mantidas em isolamento com o bebê, e o uso de EPIs, como máscaras, luvas e aventais descartáveis é obrigatório”, explica a coordenadora.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados