Esgotamento Emocional X Produtividade na era do Novo Normal

Publicado em 14/01/2022

     

por Priscila Guskuma

 

Muitas pessoas neste momento estão vivendo com os nervos à flor da pele! O ritmo acelerado dos últimos anos já era motivo de preocupação, no entanto, ele foi drasticamente impactado com a chegada da pandemia. A necessidade de readequar e alterar por completo comportamento de anos, tanto no âmbito profissional, como pessoal, gerou um misto de emoções (estresse, medo, ansiedade e desconforto), que muitas vezes, destravam pensamentos negativos que automaticamente acabam impactando nos comportamentos das pessoas. 

Durante muito tempo fomos orientados a ficar em confinamento, muitos ficaram paralisados por não saberem o que fazer, outros até começaram a fazer algo diferente, mas não conseguiram ter disciplina e foco para continuar. Há alguns meses experimentamos um pouco mais de liberdade desde quando tudo começou, contudo, as novas variantes promovem um sentimento de incertezas do que será o amanhã. Toda essa instabilidade, somados a tantos outros reflexos que a pandemia do Corona Vírus nos trouxe, gera um grande desgaste mental, emocional e físico. Por isso, nunca foi tão oportuno como agora falar sobre inteligência emocional, que nada mais é que reconhecer as emoções e saber gerenciá-las.

Mesmo diante de tantos desafios, existem milhares de pessoas se reinventando e aproveitando para ressignificar algumas áreas de suas vidas, como experimentar coisas novas, aprender, se cuidar, valorizar pequenas coisas que passavam despercebidas.

 

Suporte das empresas 

O capital humano é o maior diferencial que uma empresa pode ter, e isso ficou muito mais evidente durante a pandemia. As pessoas precisam muito mais que um emprego e estabilidade, elas também precisam de apoio para o crescimento, metas e novos desafios.

É o momento da liderança estar fortalecida para apoiar suas equipes, afinal, cada investimento feito retorna em resultados. Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam o crescente número de casos de depressão durante a pandemia e uma forte tendência de aumento desse número.

A orientação é oferecer esse suporte de algumas formas como:

·         Uma plataforma de ensino EAD exclusivo da empresa;

·         Agenda de Webinar On Line com uma programação e profissionais específicos

·         Reuniões Periódicas da Liderança com a Equipe;

·         Canal de comunicação e informação entre as equipes.

 

Para o colaborador: dicas para manter o foco

Um dos maiores desafios tem sido justamente se manter produtivo. São inúmeras ferramentas online, aplicativos e aparelhos eletrônicos para darmos conta. Mas, por que será que as pessoas estão trabalhando mais e produzindo menos? Vários fatores contribuem para isso como perder muitas horas em redes sociais, reuniões online sem pauta, falta de um planejamento claro e definido, tudo isso não contribui para o foco das atividades do trabalho.

Então, estabeleça metas. Seu planejamento precisa ser bem traçado para alcançar seus objetivos em várias áreas da sua vida, profissional, saúde, lazer, financeira, relacionamentos, bem-estar.  Busque alcançar seus resultados todos os dias, mantenha o seu foco e a sua produtividade buscando o equilíbrio entre vida pessoal e a vida profissional. Pergunte-se todos os dias se os seus comportamentos te aproximaram ou te afastaram de quem você quer se tornar, tenha autorresponsabilidade sobre o que você faz, pois são os seus comportamentos e seus hábitos que estão gerando os seus resultados, aprenda a respeitar o seu tempo, pois só assim as outras pessoas também respeitarão.

 

Priscila Guskuma – Especialista em Estratégias de Negócios. Fundadora do IGDH (Instituto Guskuma de Desenvolvimento Humano), instituição com a missão de transformar pessoas. Ministrou treinamentos e palestras para empresas como: Porto Seguro, Shell, Locaweb, Google, além de ter sido palestrante da Feira do Empreendedor do Sebrae nos anos de 2018 e 2019. Empreendedor






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2022 Copyright - Todos os direitos reservados