Edição 1174, por Nabukodonosor Pimenta

Publicado em 26/02/2021

     

Vacina para professores

O vereador Milton Lins, o Bi Gêmeos (PSD), protocolou na Secretaria de Estado da Saúde um pedido para que os professores e demais profissionais da rede de ensino sejam incluídos como público prioritário no calendário de vacinação contra a COVID-19, no Estado de São Paulo. O pedido foi feito ao secretário estadual, Jean Carlo Gorinchteyn.

 

Compra do imunizante

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que estados e municípios podem comprar e fornecer à população vacinas contra a covid-19. A medida foi autorizada apenas em caso de descumprimento do Plano Nacional de Vacinação pelo governo federal ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população. É, minha gente, será que vão deixar de jogar a culpa no Bolsonaro?

 

Críticas

Na sexta-feira passada, a Prefeitura de Mogi vacinou cerca de 300 profissionais de saúde com mais de 25 anos. Nas redes sociais pipocaram algumas críticas. “Para quê vacinar jovens, que não sofrem consequências tão graves com a doença, e deixar idosos abaixo dos 80 de fora?”. É que trabalhadores de saúde estão diretamente em contato com a doença, se tornando agentes transmissores em alta potência. Na humilde opinião deste escriba, acho que foi por isso.

 

Mais um prêmio

A Suzano foi premiada no ranking Melhores Empresas para Trabalhar Great Places to Work (GPTW) Indústria 2020. O levantamento inédito é uma parceria do GPTW Brasil com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), e reconheceu as 80 empresas com melhor gestão de clima das 244 que participaram do Programa de Certificação GPTW.

 

Toque de recolher

A partir desta sexta, 26, e até 14 de março, todo o Estado de São Paulo ficará em restrição de circulação das 23h às 5h. Conversei com o meu amigo sobre isso e ele disse que a esposa dele já impôs esse toque de recolher há mais de 25 anos. Realmente, é um homem à frente do seu tempo, sempre evitando aglomerações.

 

Sandália da humildade

Tem político da região que precisa calçar a sandália da humildade. E quem sabe tomar um suco de maracujá. Respostas tortas aos internautas não são de hoje, mas agora seu cargo não permite mais isso. Pelo menos não deveria. É cada coice que este escriba fica até constrangido. 

 

Palavra vale?

Eu sou do tempo em que o que é dito é honrado. A palavra dita precisa ser cumprida, e não ser dita para inglês ver. Pena que os jovens de hoje não honram mais os compromissos falados. Quase que precisa de firma reconhecida no cartório. 

 

Politicagem 

Eu sou contra a politicagem. Defendo que promessas feitas apenas para ficar bem para o eleitor não deveriam acontecer. O que vale são políticas efetivas, que realmente deem para colocar em prática. Não adianta prometer o que não depende da gente só para ficar bem na foto.

 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados