É preciso união

Publicado em 19/03/2021

     

O Brasil está desesperado. Sistema de saúde à beira de colapso, poucas vacinas, quase três mil mortos por dia, comércios quebrando, alta nos preços, educação falindo... E como se o cenário não fosse desesperador, ainda tem briga e vaidade nos mais altos escalões  da política nacional. 

Os brasileiros não têm exemplo a seguir. Quem manda não sabe o que fazer, e, quando faz, dá o exemplo errado. Aí, quem está em baixo, ou seja, o pobre, exausto de ter de ficar em casa, pensa: “Ué, se eles não cumprem as regras, porque eu tenho de cumprir?”. O povo, que nunca gostou de ser mandado, segue como um dos culpados do pesadelo que estamos vivendo.

De um lado, os governantes pedem para ficarmos em casa, do outro, embarcam em jatinhos particulares para passar férias. Mandam usar máscara, mas não usavam na campanha – alguns não usam até hoje. Uns perdem prazos para comprar vacinas, outros se fingem de cegos, surdos e mudos na hora de baixar impostos.

Não há mais tempo para medir forças. Não é hora de ver quem manda mais. É preciso esquecer um pouco das rivalidades. É hora de união e de pensar na situação desesperadora que estamos vivendo. É tempo de apertar o cinto para quem ganha mais para que possam ajudar quem não tem o que comer. 

O bem coletivo sempre deve prevalecer sobre o individual. É fácil? Não é. Mas não dá mais para vivermos em clima de guerra política enquanto tem pessoas morrendo – ou de fome ou de Covid. Sabemos que ninguém aguenta mais ficar parado. Que as pessoas precisam trabalhar para comer, pagar suas contas, enfim, sobreviver. Mas é preciso repensar. Não adianta reclamar que as propagandas da prefeitura são pesadas ou acusar que “exaltam” a morte. Não é a política do terror. Esta é a realidade! Se não fizermos nossa parte, seremos nós ou nossos parentes a entrar para as estatísticas. 

Para nossos governantes: por favor, se unam. Chega de ataques. É hora de juntarem forças pelo Brasil. Não é hora de fazer média para 2022 – se continuarem assim, não vai sobrar país até lá! Por favor, usem seu poder para o bem, a favor dos brasileiros. Chega de empurrar com a barriga, nós elegemos vocês para cuidarem da gente. Está na hora de começar.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados