Vencedoras do Prêmio Mulher Empresária recebem homenagens

Publicado em 28/05/2021

     

O Conselho Empresarial Feminino (Consef) da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) entregou nesta quinta-feira (27) o Prêmio Mulher Empresária – Mulheres que fazem a diferença em tempos de pandemia. O evento é uma homenagem para as empreendedoras que se destacaram em seu setor de atuação.

O evento promovido de maneira híbrida, com transmissão online pelas redes sociais da ACMC, seguiu todos os protocolos sanitários. A noite teve a participação das três homenageadas mais votadas na consulta popular, que ocorreu em março, e contou com os votos de 10 mil pessoas.
“O Prêmio Mulher Empresária é realizado todos os anos pelo Consef e homenageia as empreendedoras que se destacaram em sua área de atuação, e neste momento desafiador não seria diferente”, ressalta a presidente da ACMC e vice-presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Fádua Sleiman.

A presidente do CMEC da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Ana Cláudia Cotait, participou do evento virtualmente e destacou a força das empreendedoras mogianas. “Este prêmio é muito importante, pois reconhece o trabalho do dia a dia destas mulheres”, destaca.
A empreendedora mais votada foi Shenia Lamas de Carvalho Prado. “A premiação é tradicional na cidade e repercute de uma maneira extremamente positiva”, avaliou.

Para Cristiane Yonezaki, facilitadora de grupos e praticante de Jin Shin Jyutsu, arte japonesa que equilibra mente, corpo, emoções e espírito por meio de toques no corpo, e a segunda colocada na votação, o prêmio trouxe satisfação pessoal. “Foi muito gratificante saber da indicação e que as práticas estavam fazendo diferença na vida das pessoas” acrescenta.

“Estou muito feliz, pois participei com várias mulheres que admiro. Isso só traz mais vontade de trabalhar e agregar mais para Mogi e meus pacientes”, avaliou a terceira vencedora, a fisioterapeuta Giovanna Squarcine de Souza Leite.

A superintendente do Consef, Celu Campolino, destacou que o prêmio é uma maneira de homenagear todas as empreendedoras mogianas. “A maioria das empresárias tem jornada tripla, cuidam dos negócios, da casa e da família. Sabemos que durante a pandemia essa carga aumentou ainda mais”, reforça.

Além das três vencedoras, o prêmio contou com a participação das indicadas Danielle Cristina Ferreira da Silva, Isabel Rodrigues da Cruz, Regiane dos Santos Mendes Dionísio, Tânia Rodrigues e Thaís Oliveira de Santana, que receberam certificados pela participação. Nesta edição, o Prêmio Mulher Empresária contou com duas homenagens especiais para mulheres que atuam em duas áreas essenciais para o combate à pandemia. A médica Jacqueline Moraes, que trabalha em hospitais que atendem os casos de Covid-19 na Região foi escolhida para representar todos profissionais da saúde que atuam na linha de frente.

 A cirurgiã dentista Priscila Andreotti, foi indicada pelo trabalho voluntário no Instituto Sopa, que atende pessoas em vulnerabilidade social, são 300 famílias beneficiadas e 150 pessoas em situação de rua. “Não paramos nenhum dia da pandemia. Esse prêmio mostra que estamos no caminho certo, que as pessoas enxergam o trabalho e querem ajudar”, afirma. A premiação teve o patrocínio de Oscar Calçados, Arrumando a Casa, Shibata Supermercados, O Boticário e Aurora Beauté Fem.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados