Mogiano é artilheiro mundial de futebol de amputados

Publicado em 05/02/2021

     

Rogerinho R9, como é popularmente conhecido, nasceu sem a perna esquerda, mas a ausência do membro não o impediu a jogar futebol. Aliás, a paixão pela bola o segue desde a infância. “Jogava bola na rua, porém era o único deficiente. Usava muletas e, quando chegava os campeonatos, não podia jogar e isso me chateava”, explicou.

Tetracampeão brasileiro com o Corinthians/Mogi e há dez anos na seleção brasileira, sendo os últimos cinco como capitão, Rogerinho também acumula o cargo de vice-presidente da Associação Brasileira de Desporto para Deficientes Físicos (ABDF), que fomenta a modalidade no país. O talento no gramado e os 549 gols o elevam ao patamar de maior artilheiro mundial no esporte.

Em Mogi, ele é referência. “Tenho um projeto social desde 2009, onde atualmente ajudamos mais de 38 atletas. Não é só torná-los um  jogador de futebol, mas sim mostrar para cada atleta que podemos vencer na vida, e realizar sonhos”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados