Prefeitura instala atendimento especial para óbitos domiciliares

Publicado em 12/05/2020

     

A Prefeitura de Mogi das Cruzes montou um serviço especial para atendimento de óbitos domiciliares ou ocorridos em instituições de moradia, como instituições de longa permanência e de acolhimento. A equipe exclusiva é composta por dois técnicos de enfermagem, um médico, um enfermeiro e um condutor, que estão instalados no Estádio Municipal Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, o Nogueirão, totalmente isolados de outros atendimentos móveis como Cure e Samu. 

O novo serviço funciona 24 horas por dia e deve ser acionado pelo telefone 192. Foi especialmente criado para evitar uma sobrecarga no Samu - Serviço Móvel de Urgência e Emergência, como já ocorreu em outras regiões do país.

Com o avanço da pandemia do Covid-19 e, consequentemente, o aumento do número de vítimas fatais, o Comitê Gestor do Coronavírus optou por criar um serviço específico para atestar esses óbitos com toda segurança, cuidado e respeito que o momento exige. “Optamos por um espaço amplo e seguro, como é o caso do Ginásio do Nogueirão, onde o serviço ocorre sem qualquer interferência com demais atendimentos”, explica o secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel. 

Os atendimentos de urgência e emergência em saúde, remoções eletivas e o manejo de óbitos mantêm equipes, equipamentos e estruturas totalmente distintas.

Desde o início de abril, quando foi implantado, o novo serviço já atestou 45 óbitos domiciliares, incluindo casos suspeitos do novo coronavírus e também de outras doenças, como pacientes enfartados ou com doenças crônicas. 

Nos casos suspeitos de Covid-19, os familiares recebem todas as orientações e cuidados que devem ser adotados na residência, como não manipularem o corpo e evitar contato direto, além das orientações sobre a higienização necessária no ambiente.

Imediatamente após a constatação do óbito, o médico atestante realiza a notificação da equipe de Vigilância em Saúde para eventuais coletas de amostras necessárias para exames comprobatórios. Os profissionais cumprem o protocolo de manejo indicado pelo Ministério da Saúde para evitar contaminações, utilizando todos os materiais e recursos específicos. 

No Estádio do Nogueirão também foi  montado um espaço especial para a lavagem e desinfecção das ambulâncias, realizado a cada transporte. Como o estádio é amplo e repleto de setores e divisórias, há também uma área destinada para o descanso dos profissionais nos intervalos.

Velórios  

Os velórios e funerais de pacientes confirmados ou suspeitos da Covid-19 não são recomendados durante os períodos de isolamento social e quarentena. Mas podem ocorrer de forma restrita e seguindo todas as determinações como: manter a urna funerária fechada durante todo o velório e funeral, evitando qualquer contato toque ou beijo no falecido; e evitar a presença de pessoas que pertençam ao grupo de risco para agravamento do novo coronavírus (maiores de 60 anos, gestantes, lactantes, portadores  de doenças crônicas e imunodeprimidos). 

A cerimônia de sepultamento deve ocorrer em lugares ventilados e, de preferência, abertos. Além disso, a recomendação é que contem com no máximo 10 pessoas, respeitando a distância mínima de pelo menos dois metros entre elas, bem como o uso de máscaras. Pessoas com sintomas respiratórios também devem ser evitadas como, por exemplo, febre e tosse.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados