Mesmo com demissões, Região lidera ranking do Estado

Publicado em 21/12/2018

     

A indústria do Alto Tietê voltou a demitir no último mês, como mostra pesquisa divulgada pelo Ciesp – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo. O nível de emprego industrial na Região apresentou variação negativa de -0,69% em novembro/2018, o que significou uma queda de aproximadamente 450 postos de trabalho.  No Estado, o resultado foi de -0,67%, com o fechamento de 14,5 mil vagas.

Apesar do resultado, o Alto Tietê se mantém no primeiro lugar no ranking estadual de empregos, com um saldo de 3.550 postos de trabalho criados ao longo do ano – uma variação positiva de 5,84%.  Em segundo lugar, está a região de Taubaté, com uma alta de 4% no nível de emprego industrial em 2018.

“Embora não seja o resultado que gostaríamos, não chega a ser também uma surpresa em razão da dispensa dos temporários. O Alto Tietê acompanhou o movimento que aconteceu na maioria das regiões industriais do Estado. O mais importante é que o acumulado no ano é significativo. Isso nos dá um fôlego para fechar 2018 no positivo e entrar 2019 com expectativas favoráveis”, avalia José Francisco Caseiro, diretor do Ciesp Alto Tietê.

Em novembro último, o resultado do emprego no Alto Tietê foi influenciado pelas variações negativas de Produtos de Borracha e de Material Plástico (-3,57%); Produtos Alimentícios (-2,37%); Produtos de Minerais Não-Metálicos (-0,41%) e Produtos Têxteis (-1,60%).






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados