Rezadeiras e Rezadores da Festa do Divino iniciam a caminhada de evangelização

Publicado em 02/02/2021

     

O bispo diocesano de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini, celebrou a Missa de Envio das Rezadeiras e Rezadores da Festa do Divino 2021, respeitando o protocolo sanitário que o atual momento de pandemia pede, na noite de domingo (31/1), na Catedral de Sant´Ana. 

 A partir de agora, as famílias podem agendar a Coroa do Divino direto com as rezadeiras e rezadores, que deve ser feita de maneira online. As rezadeiras, rezadores e os seus auxiliares ficam com essa missão de evangelização até dias antes da Festa do Divino, que neste ano será realizada de 13 a 23 de maio, com o tema “Divino Espírito Santo, fortalecei-nos na caridade e conduzi-nos à santidade”. 

 Os festeiros são Mauro de Assis Margarido (Maurinho) e Cícera Alecxandra de Oliveira Margarido e os capitães de mastro são Roberta Fadoni Batalha e Maurimar Batalha.

 “Damos, assim, a fisionomia da Festa do Divino, que vem sendo realizada na medida do possível e diante de todas as dificuldades, neste tempo de isolamento”, disse o bispo, antes de começar a homília.

 Já em sua homília, o bispo destacou ainda mais a importância da oração em tempos de pandemia: “A nossa oração e a presença do Divino, que sempre orientou e inspirou a nossa Festa, faça com que isto aconteça, também nestes tempos mais difíceis que vivemos no ano passado e continuamos vivendo em 2021. Vamos nos adaptando, ficando atentos aos sinais dos tempos, de modo que não abandonamos a nossa Festa, o nosso serviço, a nossa oração, o nosso louvor e, sobretudo, o grande e belo testemunho que é a Festa do Divino Espírito Santo”.  

 O festeiro Maurinho, ao fim da missa, disse que cada rezadeira irá encontrar a melhor forma para chegar na casa das famílias. “Saibam que a Festa precisa de vocês, que levam até as casas a mensagem do Divino Espírito Santo. Este momento não está sendo fácil, mas vocês estão levando, cada uma do seu jeito. Não importa a forma como vocês vão chegar, mas que vocês cheguem no coração dos devotos, que precisam muito da mensagem que vocês transmitem. Nós não sabemos o que vai ocorrer em maio, mas que este trabalho que vocês fazem chegue às famílias, mas com segurança”, destacou o festeiro.

 A festeira Alê, por sua vez, ressaltou a alegria de poder ver as rezadeiras depois de tanto tempo. “Estamos em um momento que precisamos muito de oração, com a nossa fé sendo provada todos os dias, diante de tanta dificuldade. Temos de nos cuidar e orar, tocando a vida (com segurança), porque virão dias melhores. Como disse Dom Pedro: ‘não abandonem a nossa festa, não abandonem a fé e não abandonem a oração”, comentou a festeira.   

 A coordenadora Cida reforça: “As Coroas deverão ser realizadas de acordo com o combinado, entre as rezadeiras e rezadores e as famílias, de forma online, em horário acertado e seguindo o livreto”.

 Atualmente, há 48 rezadeiras oficiais e 134 auxiliares, totalizando 172 pessoas, que se encarregam de evangelizar dezenas de famílias. Elas estão sob a coordenação de Aparecida Marlene Miguel de Barros (Cida), Elizabeth Martins de Godoy (Beth) e Mônica de Sousa Mello.

Mais informações sobre o agendamento podem ser solicitadas via e-mail: faleconosco@festadodivino.org.br.

Foto: Natália Asmchinger (Divulgação)

 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados