Museu Virtual da Educação (MUVE) será reaberto nesta sexta-feira

Publicado em 02/09/2021

     

Nesta sexta-feira (03/09), às 15 horas, será realizada a solenidade de reabertura do MUVE - Museu Virtual da Educação, uma parceria entre as secretarias municipais de Educação e Cultura e Turismo. O evento faz parte da agenda em comemoração ao aniversário de 461 anos de Mogi das Cruzes. Fechado devido à pandemia, o equipamento, situado na rua Coronel Souza Franco, no Centro Histórico da cidade, receberá visitas mediante agendamento, seguindo rigorosamente os protocolos sanitários. 

O MUVE é um museu tecnológico, que tem como objetivo propagar de forma interativa a história de Mogi das Cruzes. Ele é dotado de recursos de última geração, por meio dos quais o público tem a oportunidade de conhecer a trajetória da cidade, a partir de temas como desenvolvimento, meio ambiente, manifestações culturais, história e personalidades.

Ele transmite, portanto, informações sobre o passado, presente e futuro de Mogi das Cruzes, destacando também os atrativos turísticos da cidade. O casarão onde o MUVE foi instalado passou por um processo de restauro, a partir de um convênio firmado entre a Administração Municipal e o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania. 

O MUVE foi inaugurado em junho do ano passado, porém, em função da pandemia, não foi possível receber o público. Agora, ele passará a atender pequenos grupos e os interessados em visitá-lo poderão fazer agendamentos, a partir da próxima quarta-feira (08/09), das 9h às 16h, pelo telefone 4798-6900. 

Os alunos da rede municipal também passarão a frequentar o espaço. Uma formação, realizada em parceria pelas secretarias de Educação e Cultura e Turismo para professores do ensino fundamental da rede municipal, têm destacado a importância do MUVE no processo pedagógico como fonte de conhecimento e descobertas nas áreas de cultura, ciência e tecnologia. O curso está em andamento e será concluído em dezembro. 

 

Parte da história da cidade

O museu tem como patrono o professor João Cardoso de Siqueira Primo, que construiu o casarão para morar com sua família em 1920 e dedicou mais de 30 anos ao magistério. Situado na antiga Rua Municipal, ele tem estilo neoclássico e apresenta características típicas do século XIX, nobre e simétrica, ostentando arquitetura imponente. É o único exemplar remanescente de casa neoclássica na região central da cidade, tendo, portanto, grande relevância histórica e arquitetônica.

Além de moradia particular, o casarão serviu por muitos anos como pensão, abrigando inúmeros cidadãos, tanto anônimos quanto ilustres, que integram a memória social e cultural do município. O casarão foi construído com tijolos de barro, tem portas e janelas de madeira em pinho de Riga (madeira nobre e importada, originária do Leste Europeu), vidros trabalhados e assoalho desenhado em madeira. Tem ainda recuos nas laterais, frente e fundo, além de elevação do piso, com porões de ventilação. Ele está em processo de tombamento pelo Comphap e fica no raio de proteção de 300 metros a partir das Igrejas do Carmo.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados