Divulgada a lista de vencedores do Prêmio História da Música Mogiana

Publicado em 25/01/2021

     

Foto: Nelson Mortol/Divulgação

 

O I Prêmio História da Música Mogiana, idealizado pelo produtor cultural Paulo Betzler, divulgou a lista dos onze artistas e seus respectivos álbuns mais votados em enquete popular que aconteceu de 1 a 24 de janeiro, por meio de um aplicativo online. Inicialmente seriam premiados os dez primeiros, mas como o décimo lugar ficou com apenas dois votos a mais que o décimo primeiro, a organização do evento decidiu ampliar a lista de vencedores.

“Ficamos felizes com tantos votos que recebemos em nossa premiação. Quero parabenizar aos ganhadores e também a todo mundo que participou. Nossa ideia não era apenas premiar, mas celebrar a música autoral da Cidade, esses artistas maravilhosos. Todos e todas devem se sentir vencedores e cumprimos nossa meta que era divulgar o trabalho de tanta gente boa”, explicou Betzler.

O maestro Antônio Freire Mármora, 87 anos, conhecido como Niquinho, foi o mais bem votado, com 635 indicações – mais de 10% do total dos 6.108 votos recebidos. Ele disputou com o disco Maestro Niquinho – Uma vida dedicada à música”, gravado no Emam, em 2017.

“Com muita emoção que recebo essa notícia. Essa iniciativa é resultado de trabalho que a gente faz com tanto prazer. Alunos me reconhecem como amigo, na fanfarra, e votaram em mim. Não tenho redes sociais, mas tenho amigos, que são as verdadeiras redes de relacionamento e eles lutaram por mim. Apesar da idade, continuo em atividade, tocando no Shopping, fazendo lives. Meus amigos fizeram o trabalho de pedir votos para mim e isso me deixou feliz demais. Esse Prêmio foi uma ideia ótima e espero que tenha vida longa porque Mogi produz muita coisa boa. Parabéns a todos que concorreram”, disse o maestro, bastante emocionado.

Também receberão os prêmios, que são troféus-esculturas feitos pelo artista plástico Maurício Chaer, em homenagem a Seu Eurico, além de displays e um recurso financeiro simbólico: Formigão; Avulsos S/A; Rui Ponciano; Daniel Sawaya; os irmãos Carlos e André Melo; Brenô; DK Cinco; Marcos Favela; Aline Chiaradia e Valéria Custódio.

A cerimônia de premiação acontece nessa sexta-feira (29/01), no Teatro Vasques, em evento fechado ao público por causa da Pandemia. Mas será exibida na íntegra, dia 10 de fevereiro, no canal do Youtube do I Prêmio HMM. O I Prêmio História da Música Mogiana está sendo realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, via Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados