Paulo Henrique PH | Músico

Publicado em 10/09/2021

     

Com bom ouvido para a arte que é a música, Paulo Henrique da Silva Costa, 46, conhecido como PH, é um dos compositores, ao lado de Henrique Abib, da música “Serra do Itapety”, que fala sobre as belezas naturais desta nossa serra. Pelo aniversário da cidade, e com parceria com o também músico Mateus Sartori, o clipe da música foi lançado com a participação de 32 artistas mogianos. Paralelamente a isso, PH celebra o primeiro aniversário do seu curso online de composição popular “Criando Canções”, direcionada a pessoas que querem compor músicas autorais. Mogiano, nascido em César de Souza e criado na Vila Industrial, lembra que na infância era vizinho do Mestre Eurico, a quem sempre via tocando cavaquinho na porta de casa.  Tem Licenciatura em Educação Artística com habilitação em Música pela Faculdade Paulista de Artes e é formado em Violoncelo pela Universidade Livre de Música em São Paulo. “A música desde cedo me atraía e me mostrava o seu valor”, afirma.

Paulo Henrique PH | Músico

Seu primeiro emprego foi na área de Mecânica no Senai, aos 15 anos. Foi torneiro mecânico na Krom Instrumentos Elétricos até os anos 2000, quando começou a ensinar violoncelo no Projeto Guri, em São Paulo. Deu aulas de violão na Associação dos Trabalhadores Sem Terra de São Paulo e hoje se divide entre as aulas de música em dois colégios da cidade e o seu curso de música online. Mora em César de Souza, é casado com Mariana Ribeiro, pai de Vinícius, 17, e Betina, de um ano e meio. A família se completa com a enteada Catarina e as quatro gatas: Mia, Baumi, Cume e Malia. “A mulher da minha vida, nossos filhos lindos e nosso dia a dia repleto de desafios, alegria, força, música e amor”, derrete-se. Juntos, gostam de assistir filmes, ouvir música e comer bem. Por falar em comida, conta que adora assumir o comando da cozinha e praticar novas receitas, desde Risoto e Moqueca de Camarão até os pratos mais tradicionais. Canceriano, diz que a criatividade e a empatia são suas principais características. Adora jogar jogos de tabuleiro com os filhos e coleciona discos de vinil. Sua cor é o azul e seu estilo é discreto:  calça jeans e camiseta. Recomenda o livro que está lendo atualmente: “O sermão da montanha”, de Humberto Rohden. Um dos filmes de que mais gostou foi  “O diabo de cada dia” de Antonio Campos. Por duas vezes se apresentou na Argentina e ficou fascinado com Buenos Aires. Pelo Brasil, fica indeciso entre Minas Gerais, Bahia, Ceará e Pernambuco. Seu sonho é montar um estúdio e um projeto é criar uma empresa de produção e cursos musicais. Bastante espiritualizado, o filho de Paulo Antonio da Silva Costa, 68, e Eunice de Paula, 68, deve aos pais os valores da produtividade e caráter. A vida o ensina diariamente que fazemos parte de um plano maior e precisamos nos lapidar e aprender com nossas imperfeições. Sua frase: “Tudo o que temos é um reflexo do que somos”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados