Paulo Costa Jr | Escritor

Publicado em 05/03/2021

     

Apaixonado por contar histórias, o empresário aposentado e escritor Paulo Costa Jr, 79, acabou de lançar seu segundo livro, “Alma Indômita”, onde conta a história do próprio pai, misturando traços biográficos com o romance de ficção. A obra deve seguir o sucesso do seu primeiro livro, “O Casarão da Coronel e Suas Histórias”, onde ele morou com a mãe e as irmãs. Nascido em Jacareí-SP, veio para Mogi aos 12 anos, por influência do saudoso Boris Grinberg, que incentivou a mãe a adquirir o casarão onde funcionava uma pensão para professoras. Mas, suas melhores lembranças de infância são da fazenda dos tios Mindinho e Didi, em Santa Branca, onde amava brincar com os animais. Formou-se na segunda turma de Direito da UBC e, em 84, fez especialização em Marketing na Universidade de Stanford, na Califórnia, pela Alpargatas, empresa onde trabalhava. A decisão de se tornar escritor veio após a aposentadoria, incentivado pela esposa Vanice depois da restauração do Casarão.

Paulo Costa Jr | Escritor

Seu primeiro emprego foi aos 14, no Banco Moreira Salles, onde escrevia as cartas de cobrança. Depois, ficou por dois anos na Mineração do Brasil, onde auxiliava o chefe do alto forno a escrever os relatórios das operações. Trabalhou com a família Sakoda e, aos 18, começou a trabalhar na Brasilana, onde foi gerente de departamento pessoal. Foi gerente de uma fábrica de confecções em São Paulo por dez anos e em 74 foi para a Alpargatas, onde ficou até 90. Foi consultor até 2004 em São Paulo e sócio de uma empresa de confecções em Criciuma até 2013. Paulo mora no Centro de Mogi e é casado há seis anos com a jornalista Vanice Assaz. Do primeiro casamento, é pai de Ana Paula, 53, e do saudoso Paulo Henrique. Tem quatro netos: Fernanda, 29, Bruno, já falecido, Cleo, 14 e Tainá, de 18. Nos tempos livres, cultiva o hábito de viajar com a esposa e ler. Adora cozinhar e seu Risoto é bastante elogiado. Ariano, é persistente e ama a vida, mas confessa que é teimoso e impaciente. Faz musculação e se distrai cuidando das plantas e fazendo trabalhos manuais e de alvenaria. Coleciona livros e contabiliza mais de mil em seu acervo. Seu estilo é sempre o mesmo: camiseta, calças jeans e botina. Não dispensa relógios para compor o figurino. Recomenda o livro “Herdeiras do Mar”, de Mary Lynn Bracht, e o filme “Adú”, da Netflix. Fez uma viagem com a esposa pela América do Sul por 71 dias, mas elege outro destino como o seu favorito: Budapeste, na Hungria. “Reúne tudo o que tem de bom nas outras grandes capitais, é um microcosmo europeu”, afirma.No Brasil, é apaixonado por Florianópolis-SC. Seu projeto é o próximo livro, já em rascunho, que contará a história nunca contada de João Ramalho. Agnóstico espiritualista, o filho de Paulo Costa e Lucinda Braga Santanna deve à mãe o principal valor recebido, o senso de responsabilidade. Defende que o mais importante é levar a vida com amor em tudo. Sua frase é de Dostoievski: “ É preciso amar, de fato, não por um instante, mas até o fim”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados