Lívia Bolina

Publicado em 03/07/2020

     

Simpática e sorridente, Lívia Alessandra Bolina, 47, é pedagoga, historiadora e diretora pedagógica na Saint Thomas’ International School British Education, fundada em 2017. A escola tem um método diferenciado na Educação Infantil, com o ensino imersivo do inglês, baseado em um conteúdo pedagógico britânico. Mogiana, passou a sua infância na Vila Oliveira e desse tempo lembra a união familiar, com a casa sempre cheia de amigos dos irmãos. Apaixonada por Educação, é formada em Pedagogia e História, tem pós em Psicopedagogia e MBA em Gestão Escolar. O convite para ser sócia na Saint Thomas, juntamente com Érika Ashiuchi, partiu de Karina Harvey. “Ela sempre teve esse sonho e eu me amparei na coragem dela”, afirma com carinho.

Lívia Bolina | Pedagoga

Há 30 anos no magistério, começou como professora particular dos alunos do Santa Mônica e, depois deu aulas no Santo Agostinho de 1999 a 2006. Como historiadora, trabalhou por dois anos no Museu de Arqueologia da USP, participando de escavações arqueológicas. Foi professora e orientadora no Santa Mônica e diretora pedagógica no Colégio Técnico Tableau, quando decidiram abrir a Saint Thomas. Em 2018 deu aulas de História no São Marcos.  Lívia mora em uma chácara no Jardim Aracy, é casada com o cantor Fernando Maque e é mãe de coração dos filhos do marido: Flávio, 20, e William, de 11, que mora com eles. Comunicativa, ela conta que adora conversar por horas com o marido. Na cozinha, quem dá as cartas é Fernando, mas ela conta que recebe muitos elogios com sua Torta Salgada. Capricorniana, se diz uma trabalhadora incansável – “sou até workaholic”, confessa – e um pouco teimosa. Gosta de assistir filmes e séries e de colecionar sorrisos. “Fico feliz em causar sorrisos nos outros”, derrete-se, abrindo um lindo sorriso. Seu estilo é casual e adora complementar seu look com um par de brincos. Sua cor é o azul-marinho e perfuma-se com Miss Dior, by Christian Dior. Recomenda o livro “O Evangelho segundo o Espiritismo” e o filme da Netflix “Lion: Uma Jornada para Casa”. Adorou conhecer Buenos Aires, na Argentina, e recorda as viagens de férias com a família quando era criança. Seu projeto é ampliar a Saint Thomas para oferecer Ensino Fundamental. É espírita e frequenta o Cáritas. A quarta dos cinco filhos de Romeu Bolina e da Dona Zinha, conta que o principal legado dos pais é a lealdade. Na vida, valoriza os amores e as amizades. Sua frase é de Jean Cocteau: “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados