Jeff Lippy

Publicado em 10/07/2020

     

Brincalhão no dia a dia, mas extremamente profissional no trabalho, Gerson Theodoro, 48, é conhecido no meio da fotografia como Jeff Lippy. Ele faz sucesso com seu olhar refinado em editoriais de moda e se prepara para no próximo dia 30 fotografar a nova coleção da marca de lingerie Gabriella Mello, que tem como sócia a atriz Flor Fernandez, com quem fará uma live no dia 5 de agosto, para mostrar o desfile das novas peças. Mogiano criado no bairro do Socorro, relembra que, desde muito novo, imaginava as histórias contadas nos programas de rádio que a mãe escutava. Chegou a cursar faculdade de Jornalismo, mas o talento com a câmera o levou a se tornar um autodidata na Fotografia, sua paixão desde a adolescência quando acompanhou, de longe, um trabalho dos fotógrafos Lailson Santos e Pedro Cipolla.

Jeff Lippy | Fotógrafo

Aos 12 anos, trabalhava como office boy no bar do pai. Após descobrir a paixão pela Fotografia, começou a buscar oportunidades na área. Fez um trabalho para o Diário de Mogi aos 19 e logo depois foi trabalhar na UBC, onde ficou por cinco anos. Foi para São Paulo, onde foi professor de Fotografia, figurante de comerciais e assistente de fotógrafos renomados, até abrir o seu primeiro estúdio, na Barra Funda. De volta a Mogi, foi meu parceiro por seis meses, clicando entrevistados na pagina On Business, do jornal A Semana – sempre em paralelo com os trabalhos ao lado de outros profissionais. Em 2012, montou seu estúdio na Vila Oliveira, que está atualmente em reforma. Casado há 20 anos com Marina Lippy, mora em César de Souza e exalta o amor pelas suas crias: a enteada Beatriz, de 22, Bárbara, 18, Ghabriel, 13, e Bhianca, de 10. Em família, gostam de assistir Netflix, mas ele confessa que todos os encontros com os parentes acabam com ele segurando uma câmera para registrar esses momentos. Admite que não sabe cozinhar, mas rasga elogios para o Strogonoff da esposa. Escorpiano, se diz comprometido com o trabalho e reservado, além de ser ansioso. Coleciona câmeras – tem cerca de 30 -, prefere o estilo social no trabalho. “Mesmo se for um ensaio em um barco”, reforça. No dia a dia, prefere mais o casual, sem dispensar os relógios e o colete inseparável. Sua cor é o branco e se perfuma com Azarro. Recomenda o livro “O Manual do Fotógrafo”, de John Hedgeco, e o filme “Fotógrafos de Guerra”. Gostou de conhecer a Fazenda Nova Gokula, em Pindamonhangaba, onde fica o templo dos Hare Krishna. Seu sonho é, daqui a 40 anos, ser um fotógrafo chique vivendo em Paris. Seu principal projeto é finalizar o estúdio e começar a produzir lives de desfiles. Católico, o filho do saudoso Álvaro Soares, e de Claudete, 79, aprendeu com os pais a sempre dar o seu melhor. Tanto na vida quanto na carreira, aprendeu a captar o melhor das pessoas. Sua frase favorita foi dita pela top model Gisele Bündchen, durante um trabalho em que ele participou: “Não é o olho que é bonito, é o jeito de olhar”.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados