Fabio Dorneles | Paratleta

Publicado em 12/11/2021

     

Dono de uma energia incrível e cheio de vontade de vencer, o paratleta mogiano Fabio Dorneles, 38, recentemente, em outubro, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica, realizado em Joinville-SC, após vencer Adriano Andrade, do Sesi Suzano, por 4 X 1. Fabinho, como é conhecido na intimidade por parentes e amigos, nasceu em Guaíba-RS, mas aos cinco anos se mudou com a família para Mogi. Da infância em Brás Cubas, recorda os finais de ano, quando o pai chegava em casa com uma sacola gigante com presentes de Natal para ele e os irmãos. Aos 20 anos, ficou tetraplégico devido a um acidente em que fraturou a vértebra cervical C5, após pular na piscina. Quatro anos depois, em 2008, começou a jogar bocha adaptada por incentivo do saudoso Dirceu Pinto. “Eu encontrei o Dirceu no shopping e ele me fez o convite para um teste. Acabou que me apaixonei pela modalidade”, relembra. Desde então, tem se dedicado com determinação a este esporte.

Fabio Dorneles | Paratleta

Desde que começou a se dedicar à bocha adaptada, Fabinho vem colecionando títulos na modalidade. Foi campeão brasileiro em 2010, levou a medalha de olho no Parapan do México em 2011, foi campeão paulista nas duplas e individual e também é tricampeão brasileiro de duplas. Agora, prepara-se para disputar o Paulista Individual, neste mês de novembro. O atleta valoriza seus patrocinadores: as empresas S Stein, Instituto Zanin de Fisioterapia e Academia Longevita. Solteiro, mora com a família em Brás Cubas. Juntos, honram com alegria as raízes sulistas e fazer o bom e velho churrasco, sua comida favorita. Ariano, se diz uma pessoa de coração bom e com uma grande capacidade de dar a volta por cima, mas confessa que é um pouco ansioso. Gosta de fazer academia, ir à praia e praticar esportes radicais. Seu estilo é casual e tem preferência pelas camisetas esportivas. Sua cor favorita é o azul e perfuma-se com Uomini, de O Boticário. Recomenda o livro “Feliz Ano Velho”, de Marcelo Rubens Paiva e o filme “Homens de Honra”, com Robert de Niro e Cuba Gooding Jr. Gostou de conhecer o México quando disputou os Jogos Parapanamericanos, e, no Brasil, é apaixonado pelo Rio de Janeiro. Seu sonho de consumo é uma casa própria e o grande projeto de vida é casar e ter uma filha. Cristão, o filho de Maria Aparecida, 65, e Paulino Sá Brito Dorneles, 72, aprendeu com os pais a sempre perdoar. A escola da vida o ensinou que temos que ser fortes mesmo quando tudo parecer perdido, porque sempre há uma saída para tudo. Sua frase: “Deus olha para aqueles que nEle acreditam, que acordam cedo e se esforçam”. 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados