Edição 1079

Publicado em 11/04/2019

     

Decisão inusitada

O vereador Rodrigo Valverde entrou na Justiça para contestar o aumento da tarifa de ônibus em Mogi. Meses depois, a decisão saiu: o juiz Bruno Machado Miano decidiu a favor do parlamentar e ordenou a manutenção do preço da passagem em R$ 4,10 até 31 de dezembro de 2021. Só que a decisão vale apenas para Valverde. E como provavelmente ele não deve andar de ônibus, fica tudo na mesma. Mas o edil já disse que vai lutar para que a decisão valha para toda a população. 

 

Sem ambulância

No último sábado (6), o União Futebol Clube foi prejudicado na estreia do Campeonato Paulista Sub 15 2019, contra o São José Esporte Clube, no Nogueirão. Como não havia ambulância no local, o juiz encerrou o jogo antes mesmo de começar. Diante desse cenário, o vereador Caio Cunha criticou a ausência da ambulância e pediu que a prefeitura apoie o esporte local. Mas já tem gente falando que não tem ambulância nem para a população e que é besteira disponibilizar a viatura para jogos de futebol. 

 

Novo shopping

A General Shopping informou que vai construir um shopping chamado Outlet Premium Grande São Paulo na rodovia Ayrton Senna, no acesso a Mogi das Cruzes. A primeira etapa do projeto tem conclusão prevista para o segundo semestre de 2020. Quando totalmente desenvolvido, o projeto terá 120 lojas distribuídas em 24 mil metros quadrados.

 

Mudança de endereço

O Balcão de Atendimento do SCPC – Serviço Central de Proteção ao Crédito está em novo endereço. A partir de agora, as consultas do público sobre a condição de crédito devem ser feitas no prédio-sede da Associação Comercial de Mogi das Cruzes. No local também estão disponíveis os serviços do novo Cadastro Positivo, assim como emissão de certidões de débito.

 

Impeachment

A Câmara Municipal de Itaquaquecetuba aprovou a abertura de processo de impeachment contra o prefeito Mamoru Nakashima (PSDB). Por 10 votos a favor e nove contrários, duas denúncias protocoladas por munícipes foram aprovadas e serão investigadas por Comissões Processantes. O chefe do Executivo é acusado de cometer irregularidades na contratação de empresas que prestam serviços de coleta de lixo e de merenda escolar.

 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados