André Ikari | Secretário de Segurança de Mogi

Publicado em 17/09/2021

     

Jovem e altamente capacitado, André Junji Ikari, 39, é o secretário de Segurança de Mogi. Na sua gestão, além de ter coordenado as equipes de fiscalização aos protocolos da pandemia, ele tem na manga outros projetos para a cidade, como a criação do Polo de Segurança em César de Souza, que vai unificar as delegacias especializadas da Polícia e o futuro canil da Guarda Municipal, com a promessa de ser um grande auxílio no combate ao tráfico de drogas e na busca de pessoas desaparecidas. Nascido em Mogi, passou a sua infância na Vila Oliveira, até se mudar com a família para o Cocuera. Apaixonado pela Polícia desde criança, recorda as brincadeiras de polícia e ladrão com os amigos e conta que sua paixão o levou a se formar em Direito pela UBC, em 2007. Tem também vários cursos na área de segurança, com destaque para crimes cibernéticos e crime organizado.

André Ikari | Delegado de Polícia

Ingressou na Polícia Civil do Estado de São Paulo em 2006 como Agente de Telecomunicações Policial. Trabalhou no Centro de Inteligência Policial da Delegacia Seccional de Polícia de Mogi das Cruzes., permanecendo por seis anos, quando foi empossado na carreira de Delegado de Polícia. Passou pelas Delegacias de Polícia de Suzano, Ferraz de Vasconcelos, 1° DP de Mogi das Cruzes e 2° DP de Mogi das Cruzes, quando então assumiu suas funções junto ao Setor de Investigações Gerais, DISE e GARRA de Mogi das Cruzes, onde trabalhou até 2016, época em que foi classificado na Delegacia Seccional de Jundiaí. Em 2017, assumiu suas funções no Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) como delegado de Investigações sobre Fraudes Patrimoniais Praticadas por Meios Eletrônicos da Divisão de Investigação Gerais (DIG), de onde está licenciado. André mora na Vila Nova Mogilar, é casado com a investigadora Aline: os dois são pais de primeira viagem da pequena Luísa, de seis meses. Por conta da pandemia, gosta de aproveitar o tempo livre para curtir a família em casa, mas ele é apaixonado por fazer trilha de moto. Considera-se verdadeiro e sincero – “às vezes até demais”, complementa – e gostaria de ser menos impaciente. Sua cor é o preto, o estilo é casual e gosta de ler livros sobre Direito. Na telinha, sua preferência vai para tramas policiais. Cristão da Igreja Metodista Livre, o filho de Akemi, 71, e Takechi, 71, aprendeu com os pais sobre a importância da educação. Na vida, valoriza a honestidade e humildade. Sua frase está em Salmos 121:8: “O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre.”






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 9850.4458

© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados