Número de acidentes de trânsito cai 54,6% durante a quarentena

Publicado em 01/06/2020

     

O número de acidentes no trânsito de Suzano teve queda de 54,6% na comparação entre abril deste ano e de 2019, passando de 86 para 39 casos. Só em relação aos atropelamentos, a redução superou 60%. Os dados são do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga).

 

Para a Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, o declínio na quantidade de ocorrências é resultado de uma série de fatores, entre eles o reforço da sinalização nos pontos críticos da cidade e a maior conscientização do público, além do isolamento social neste momento de quarentena contra a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Das 39 situações verificadas no último mês de abril, a maioria teve vítimas com ferimentos leves ou ilesas. Quanto aos veículos envolvidos, automóveis e motos são os mais recorrentes, sendo colisões e atropelamentos as ocorrências mais comuns. Esses mesmos parâmetros já eram observados em períodos anteriores.

Em relação às vias municipais mais perigosas, em abril de 2019, a rua General Francisco Glicério e a avenida Vereador João Batista Fitipaldi foram protagonistas, com sete e cinco acidentes registrados, respectivamente. Ambas tiveram a sinalização revitalizada, inclusive com a implantação de rampas de acessibilidade e ciclovia. Em abril deste ano, os índices não superaram duas ocorrências em cada.

       
O secretário Claudinei Valdemar Galo destacou que o devido registro das ocorrências auxilia na identificação de pontos críticos e a traçar melhorias. “A redução dos casos é resultado de um conjunto de ações, que envolve as campanhas de conscientização e o serviço de sinalização e monitoramento, além do isolamento social que passamos a ter neste período. Percebemos uma queda na circulação de veículos e pedestres. As pessoas também estão mais atentas no trânsito, uma vez que a pressa sempre foi inimiga dos motoristas”, disse. 

Vítimas fatais

O índice de ocorrências com vítimas fatais manteve os parâmetros já observados em abril de 2019, com quatro casos registrados no último mês, sendo dois em rodovias estaduais que passam pela cidade e outros dois nas avenidas Katsutoshi Naito e Vereador João Batista Fitipaldi, na região norte do município.

“Apesar da redução do número geral de ocorrências, lamentamos profundamente cada vida perdida no trânsito. As duas vias municipais citadas têm atenção prioritária, contando com sinalização e constante monitoramento das nossas equipes. Reforçamos a importância da atenção aos limites de velocidade e ao consumo de bebidas alcoólicas e outras drogas ao volante. O respeito e a conscientização são o primeiro passo para salvar vidas, sendo este o principal objetivo do movimento ‘Maio Amarelo’, que neste ano foi transferido para setembro”, lembrou o secretário.

Embora a campanha deste mês tenha sido adiada, devido à pandemia, outras ações de conscientização entraram em vigor em parceria com a Polícia Militar, justamente a fim de reforçar junto aos motoristas a importância do isolamento social e das medidas de prevenção neste período.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados