Maternidade deve abrir só em 2021

Publicado em 01/03/2019

     

Já foi iniciado o processo licitatório para a construção da Maternidade Municipal, em Brás Cubas. A futura unidade irá dobrar a capacidade de atendimento do município para a realização de partos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e garantirá ainda mais segurança, conforto e qualidade às gestantes e bebês.

A Maternidade terá capacidade para realizar até 500 partos por mês e ficará localizada na rua Francisco Afonso de Melo, nº 550. O projeto prevê a construção de um prédio com sete mil m² distribuídos em sete pavimentos (do subsolo ao quinto andar), e contará com 51 leitos, 10 leitos de UTI Neonatal, 10 leitos de cuidados intermediários, além da UTI Adulto, Centro Obstétrico e demais espaços especializados. O prédio seguirá o modelo de outras construções da Prefeitura, isto é, com recursos de sustentabilidade, entre eles a iluminação e ventilação natural e tecnologia de reuso da água. O investimento total é de R$ 50.084.428,29 e a previsão inicial para o término das obras é de 30 meses. “Foi um prédio pensado para atender a maternidade, onde começa a ter seu filho e para toda a questão do pré-natal, junto ao Mãe Mogiana”, explicou o secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Cláudio de Faria Rodrigues, que fez uma explanação sobre a estrutura da maternidade.

“A construção da Maternidade Municipal será mais um importante avanço na área da saúde. O sistema público conta hoje apenas com a Santa Casa de Mogi, que mais de uma vez já precisou fechar suas portas devido à superlotação. Uma mãe que está no momento mais importante de sua vida merece toda atenção e carinho na hora do parto e para isso que estamos trabalhando com a implantação desse novo equipamento”, afirmou o prefeito Marcus Melo.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados