Governador homenageia alunos, professores e instituições de tragédia em Suzano

Publicado em 28/03/2019

     

O Governador João Doria entregou nesta quinta-feira (28), no Palácio dos Bandeirantes, 29 Medalhas MMDC – Caetano de Campos aos alunos, profissionais e instituições que se destacaram no atendimento às vítimas do episódio ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano.

Os homenageados foram lembrados por suas ações relevantes no enfrentamento, proteção, socorro e amparo às vítimas e seus familiares durante a tragédia ocorrida no dia 13 de março.

“As pessoas perguntam se o que aconteceu em Suzano é um problema de segurança, de educação ou que tipo de problema é esse. Não é um problema da escola, não é um problema meramente de segurança. Isso vai muito além e nós precisamos olhar cada vez mais para a raiz do que aconteceu, porque não podemos deixar passar em branco toda essa tragédia”, destacou o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares da Silva.

Entre os homenageados, estão as merendeiras que protegeram cerca de 50 alunos dentro da cozinha durante o tiroteio; a aluna que lutou com um dos atiradores; o policial em licença médica, vizinho da escola que, à paisana, foi ao local após ouvir os primeiros tiros; representantes de hospitais que ofereceram atendimento médico às vítimas; e policiais da Força Tática que chegaram rapidamente à escola (veja lista completa abaixo).

“Este gesto do Governo de São Paulo não traz vidas de volta, mas reconhece o apoio daqueles que ajudaram a evitar que esta tragédia fosse ainda maior”, declarou o Governador.

Doria lembrou a ação rápida de atendimento dos policiais militares, a atitude das professoras de “trancar” com móveis as portas do centro de línguas e das merendeiras que esconderam alunos na copa e os hospitais que ajudaram a salvar as vidas dos feridos.

O Governador também destacou o esforço da escola para retomar as aulas e a execução das obras de revitalização para que “possa ser não a memória de uma tragédia, mas a lembrança de algo que não mais deve acontecer no nosso país”.

“Que todos nós que somos pais possamos compreender que o diálogo que nós estabelecemos com nossos filhos, principalmente filhos menores, é de fundamental importância para que desajustes e circunstâncias que levaram esses dois homicidas a fazerem o que fizeram, possam ser evitados”, finalizou Doria.

Instituído em 2016, o prêmio tem a finalidade de recompensar personalidades e instituições por relevantes serviços prestados à sociedade paulista. O nome da medalha lembra os mártires da Revolução Constitucionalista de 1932, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo (MMDC).

 

Confira mais fotos do evento na nossa página do Facebook

 

Homenageados desta quinta-feira:

• Agnaldo dos Reis Xavier (professor do ensino regular)

• Anderson Luiz Camargo (policial militar da Força Tática)

• Ariana Aparecida da Silva Torres (policial militar da Força Tática)

• Beatriz Gonçalves Fernandes (aluna)

• Carlos Alberto da Silva (professor do Centro de Línguas)

• Carlos Marcelo Campos de Almeida (professor do ensino regular)

• Cícera Celestino Torres (professor do ensino regular)

• Claudete de Mattos Fratin de Oliveira (professor do Centro de Línguas)

• Eduardo Andrade Santos (policial à paisana)

• Gerson Costa dos Santos (professor do ensino regular)

• Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

• Hospital de Clínicas Luzia de Pinho Melo

• Hospital Geral de Itaquaquecetuba

• Hospital Santa Maria

• Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Suzano

• Jussara Aparecida de Melo (professor do Centro de Línguas)

• Lilian Keli Guilherme de Lima (vice-diretora)

• Luzinete Alves dos Santos (merendeira)

• Paloma Correia Pires (professor do Centro de Línguas)

• Prefeitura Municipal de Suzano

• Pronto Socorro Municipal de Suzano 

• Rhyllary Barbosa de Souza (aluna)

• Rosemeire Perrella Leite da Silva (professor do ensino regular)

• Sandra Aparecida Ferreira (merendeira)

• Sandra Marques Figueira Peres (professor do ensino regular)

• Silmara Cristina Silva de Moraes (merendeira)

• Teresinha de Lourdes Lima Oliveira (professor do ensino regular)

• Valdecir Gomes da Silva (vice-diretor)

• Vantuir Rodrigues Diniz (policial militar da Força Tática)






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados