CEV do radar da Mogi-Bertioga convoca munícipes para reunião nesta quarta

Publicado em 27/10/2020

     

Os munícipes que receberam notificações do radar do quilômetro 58,5 da SP-98 (Mogi-Bertioga), na Vila Moraes, e acreditam se tratar de emissões abusivas devem participar nesta quarta-feira (28 de outubro) da reunião da Comissão Especial de Vereadores (CEV), que apura indícios de ilegalidades nessas infrações. A CEV é presidida pelo vereador Clodoaldo de Moraes (PL) e a reunião será realizada às 17 horas, na Sala Sergio Nogueira da Câmara Municipal de Mogi.

 A CEV foi instaurada na sessão do dia 16 de setembro e terá validade de 180 dias. O pedido partiu do vereador Clodoaldo de Moraes, diante da procura constante de inúmeros moradores em seu gabinete que se queixam nas notificações recebidas por excesso de velocidade, sem qualquer aviso prévio.

 Segundo informações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da Polícia Rodoviária, o equipamento foi instalado com a finalidade de identificar veículos com documentação irregular e para coibir furtos.

 Como destaca Clodoaldo, a situação lembra o episódio envolvendo o radar Dedo-Duro, quase dez anos atrás, que por meio da luta e mobilização travada pelo vereador resultou no cancelamento de mais de 42 mil multas emitidas irregularmente a milhares de motoristas.

 “Provamos a existência da indústria da multa e espero que esse fantasma não volte a assombrar a população. Por isso queremos receber os condutores que foram autuadas, apurar se houve ou não abusos e ir até os órgãos competentes, como a Secretaria de Transportes do Estado e o DER para rever essa situação. A Mogi-Bertioga atravessa um perímetro urbano de nossa cidade e com isso atinge centenas de munícipes que trafegam diariamente pela rodovia e não contam com outra alternativa para evitar essa via”, destacou.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados