Câmara sedia reunião com segmento de restaurantes e pizzarias

Publicado em 25/06/2020

     

A Câmara de Mogi das Cruzes recebeu na manhã desta quinta-feira (25) representantes da Prefeitura Municipal – membros do Comitê Gestor da Retomada da Econômica-, além de donos de bares, restaurantes, padarias e pizzarias, dentre outros setores alimentícios. Em pauta estava a definição de um protocolo sanitário de segurança a esses segmentos, quando o município avançar (por determinação do governo estadual) da fase laranja para a fase amarela.

De acordo com o coordenador do Comitê Municipal, o vice-prefeito, Juliano Abe (MDB) “Trata-se de uma consulta popular, isto é, ouvir os empresários e comerciantes do setor alimentício sobre como eles pretendem retomar as atividades, tão logo o município avance, nesta pandemia, para a fase amarela. É uma preparação para, quando o momento chegar e forem retomadas as atividades, façamos isso de maneira segura e prudente; o objetivo é preservar vidas, além dos empregos e a saúde econômica da cidade”, completou Juliano. “Vamos (comitê) apresentar ao prefeito sugestões do protocolo para cada segmento, após debate, de forma democrática, num consenso com a comunidade”, reforçou Simei Baldani, secretário municipal  do Desenvolvimento Econômico e que também faz parte do Comitê Municipal.

O vereador Francimário Vieira, o Farofa (PL), responsável pela organização do debate e com forte atuação legislativa e representatividade junto ao comércio da cidade (principalmente pizzarias e restaurantes) avaliou o encontro como “altamente produtivo”.

“Tivemos grande participação de empresários tanto pessoalmente, como pelas redes sociais e pela TV Câmara (obedecendo as restrições e recomendações sanitárias). Todos interessados e preocupados em como atuar no seu comércio, de maneira segura para seus funcionários e também clientes”, comentou. “Há a preocupação econômica, mas todos querem também garantir a saúde deles e daqueles com quem convivem”, acrescentou o vereador Francimário, membro da Comissão Especial na Câmara de Mogi que discute a retomada econômica no município. Dentre as regras (previamente estabelecida pelo governo do Estado) e que podem ser revistas e estudadas pelo Comitê Municipal estão: reabertura por seis horas ininterruptas e definição de o comércio estar ao ar livre. “Os empresários defenderam a abertura por turnos (manhã, tarde ou noite) conforme o tipo de comércio; restaurantes e pizzarias à noite, por exemplo. As sugestões serão analisadas pelo Comitê para, então entregar ao prefeito”, detalhou o vereador Francimário.

O vereador Marcos Furlan (DEM), presidente da CEV da Retomada Econômica, também acredita num consenso entre as partes. “Há uma participação bem expressiva e efetiva dos empresários. Já fizemos reuniões com representantes de academias, salões de beleza e, todos ofereceram proposituras muito prudentes e coerentes”, disse. “Acredito que a CEV está no caminho certo, de fazer essa intermediação entre os comerciantes e o Comitê Gestor, para, juntos elaborarmos protocolos para cada segmento”, comentou Furlan, informando que nos próximos dias, membros da CEV e do Comitê Gestor devem se reunir com representantes de colégios particulares e auto-escolas. 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados