Edição 1067

Publicado em 18/01/2019

     

Bens bloqueados

O juiz Bruno Machado Miano, da Vara da Fazenda Pública de Mogi das Cruzes determinou a indisponilidade de bens do ex-prefeito, Marco Bertaiolli (PSD), da ex-secretária municipal de Educação, Maria Aparecida Cervan Vidal, e de José Roberto Caparica e Alexandre Caparica Ravagnani, sócios de uma empresa que forneceu caqui às escolas da Prefeitura em 2015. O pedido foi feito pelo Ministério Público em uma ação que investiga a compra da fruta, que pode ter sido superfaturada e levado a Prefeitura a um prejuízo de R$ 151,9 mil. Os bens dos investigados foram bloqueados até o limite deste valor.

 

Tranquilo

O deputado federal eleito disse que já prestou os esclarecimentos necessários para sanar dúvidas do processo. “É muito importante ressaltar, que no caso da aquisição de produtos perecíveis, como alimentos, por exemplo,  existem valores agregados exigidos pelo edital de licitação, assim como demais insumos de logística de mercado e de distribuição, que se somam ao custo final do produto”, disse Bertaiolli por meio de nota. Ele destacou ainda que “todas as contas da gestão 2009 a 2016 foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, órgão responsável por fiscalizar os contratos de uma gestão pública”.

 

Novo vereador

O vereador suplente do Partido Comunista do Brasil, Rodrigo Romão, tomou posse na Câmara. O parlamentar irá substituir Chico Bezerra (PSB), que assumiu o cargo de secretário de Saúde. 

 

Suzano

A Suzano foi indicada entre as 50 empresas mais amadas do Brasil, conforme ranking da “Love Mondays”, plataforma responsável por coletar avaliações espontâneas e anônimas sobre a satisfação profissional dos funcionários em relação às empresas nas quais trabalham. A Suzano, eleita pela segunda vez no ranking, obteve uma nota de Satisfação Geral de 4,15 em uma escala de 1 a 5.

 

Passagem de ônibus em Suzano

A exemplo do que aconteceu em Mogi das Cruzes, os usuários do transporte coletivo de Suzano também terão de desembolsar mais para pagar a tarifa de ônibus municipais. A partir de domingo, dia 20, e após longa negociação com a concessionária do serviço no município, a passagem irá dos atuais R$ 4,10 para R$ 4,40. O reajuste foi baseado na inflação de 7,2581% do Índice de Preços ao Consumidor do período de dois anos (2017-2018) em que a cidade ficou sem aumento da tarifa.

 






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2019 Copyright - Todos os direitos reservados