Multas de dívidas municipais terão juros menores

Publicado em 29/11/2019

     

A Câmara aprovou esta semana por unanimidade o Projeto de Lei Complementar 07/2019, de autoria do prefeito Marcus Melo, que altera a legislação do Código Tributário (1.961/1970) e a Lei Complementar 26/2003.

Uma das principais alterações do texto é a diminuição da multa diária proveniente do não pagamento dos tributos fiscais nos prazos regulamentares. A multa diária passará de 0,33% ao dia, calculada sobre o valor original do débito, para 0,05% ao dia. A cobrança de juros moratórios aos devedores também foi reduzida de 1% para 0,25% ao mês.

“A medida tem o potencial de aumentar a eficácia das ações fiscais de recuperação de tributos municipais não recolhidos, pois proporcionará aos contribuintes em débito uma situação favorável à regularização de sua situação fiscal perante a Fazenda Pública”, justificou Melo, no documento enviado ao Legislativo.

A Comissão Permanente de Justiça e Redação, que emitiu parecer favorável à propositura, observou que a finalidade do projeto visa “a redução dos juros e multas incidentes sobre o valor principal dos tributos municipais”. A Comissão de Finanças e Orçamento também emitiu parecer recomendando a normal tramitação da proposta.






Telefone: 11 4798.8444
Celular: 11 9 3802.6290

© 2020 Copyright - Todos os direitos reservados