Cidades

29 de agosto de 2014
 

Câmeras de segurança ajudam a identificar pichadores em Mogi

Equipamentos de monitoramento flagram vândalos atacando imóveis na cidade

Pichações na cidade são monitoradas por câmeras de segurança

As câmeras de segurança espalhadas por Mogi das Cruzes auxiliam na identificação de pichadores da cidade. O equipamento cooperou, somente nos primeiros sete meses de 2014, para a identificação de 19 atuações de pichadores pela cidade. Um número significativo, se comparado aos dos últimos anos: em 2012, foram identificados apenas 13 casos e, em 2013, registrou a ação em 20 infrações.
No total são 286 câmeras controladas pela Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), que opera 24 horas do dia pela Guarda Municipal.
A multa para pichação é de 50 Unidades Fiscais do Município (UFMs), equivalente a R$ 6.461,00. O valor dobra para casos reincidentes. Em situações onde há o envolvimento de menores de idade, a multa passa a ser de seu responsável. Segundo Eli Nepomuceno, secretário municipal de Segurança de Mogi das Cruzes, além da multa em dinheiro, o infrator responde a um processo penal. “O responsável pela pichação além da multa, responde a um processo penal por danos ao patrimônio público”, explica Nepomuceno.
As denúncias nesse caso ocorrem em números menores devido às pichações serem feitas geralmente na madrugada. Entretanto, a ajuda de moradores é muito importante e, em qualquer atitude suspeita ou risco, a Central de Emergência deve ser avisada pelo número 0800 770 1566. “Os pichadores são discretos e sabem como fazer. Mas não descartamos a ajuda da população, que caso se depare com pichadores podem denunciar anonimamente”, afirma o secretário.

Cultura
Para combater a pichação, o caminho que a Prefeitura de Mogi das Cruzes utiliza é a cultura, com projetos de cursos de dança de rua e o grafite, que nada mais é do que a maneira de se expressar usando arte e sem depredar o patrimônio público ou estabelecimento próprio.
O espaço cultural para os cursos, denominado “Casa do Hip Hop”, foi inaugurado na quinta-feira (28), na Rua Coronel Cardoso de Siqueira, 48 (Leia mais na página 10).





 
Veja também
 

 
caio

Vereador quer vetar empresas ficha-suja em licitações públicas

Caio Cunha quer garantir mais transparência nas contratações
por A Semana
 

 
 
industria

Emprego abre o semestre em alta

Pesquisa do Ciesp aponta geração de 350 postos de trabalho na indústria em julho
por A Semana
 

 
 
cancer

Câncer de cabeça e pescoço: fique atento

Milhares de brasileiros devem ser diagnosticados com a doença até o fim do ano
por A Semana
 

 

 
Cinthia Santos destaca a estrutura da escola

Claretiano abre inscrições em setembro

Instituição é conhecida pela qualidade no ensino a distância
por A Semana
 

 
 
4

APAE de Mogi das Cruzes recebe R$ 50 mil de emenda destinada pelo deputado André do Prado

​Entidade, que atende a 600 pessoas, deve direcionar recurso para a compra de equipamentos de saúde
por A Semana
 

 
 
IMG_9083

Projeto em parceria com o Mogi das Cruzes/Helbor levará basquete a jovens de Jundiapeba

Iniciativa conta com o patrocínio da Suzano Papel e Celulose
por A Semana
 

 

 
1426244575

Supergasbras leva projeto VivaVôlei a Mogi das Cruzes

Projeto social abre inscrições gratuitas para jovens de 6 a 17 anos
por A Semana
 

 
 
catedral_santanna

Diocese de Mogi das Cruzes promove o Festival de Música “Melhor pra Jesus”

Novidade faz parte da programação da EVANGELIZAI – Festa Diocesana
por A Semana
 

 
 
imagem_release_1035704

Turnê do Robô Havan passa por Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes

Quem chegar uma hora antes da apresentação escolhida pode participar da seleção para fotos com o gigante.
por A Semana