Cidades

29 de agosto de 2014
 

Câmeras de segurança ajudam a identificar pichadores em Mogi

Equipamentos de monitoramento flagram vândalos atacando imóveis na cidade

Pichações na cidade são monitoradas por câmeras de segurança

As câmeras de segurança espalhadas por Mogi das Cruzes auxiliam na identificação de pichadores da cidade. O equipamento cooperou, somente nos primeiros sete meses de 2014, para a identificação de 19 atuações de pichadores pela cidade. Um número significativo, se comparado aos dos últimos anos: em 2012, foram identificados apenas 13 casos e, em 2013, registrou a ação em 20 infrações.
No total são 286 câmeras controladas pela Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), que opera 24 horas do dia pela Guarda Municipal.
A multa para pichação é de 50 Unidades Fiscais do Município (UFMs), equivalente a R$ 6.461,00. O valor dobra para casos reincidentes. Em situações onde há o envolvimento de menores de idade, a multa passa a ser de seu responsável. Segundo Eli Nepomuceno, secretário municipal de Segurança de Mogi das Cruzes, além da multa em dinheiro, o infrator responde a um processo penal. “O responsável pela pichação além da multa, responde a um processo penal por danos ao patrimônio público”, explica Nepomuceno.
As denúncias nesse caso ocorrem em números menores devido às pichações serem feitas geralmente na madrugada. Entretanto, a ajuda de moradores é muito importante e, em qualquer atitude suspeita ou risco, a Central de Emergência deve ser avisada pelo número 0800 770 1566. “Os pichadores são discretos e sabem como fazer. Mas não descartamos a ajuda da população, que caso se depare com pichadores podem denunciar anonimamente”, afirma o secretário.

Cultura
Para combater a pichação, o caminho que a Prefeitura de Mogi das Cruzes utiliza é a cultura, com projetos de cursos de dança de rua e o grafite, que nada mais é do que a maneira de se expressar usando arte e sem depredar o patrimônio público ou estabelecimento próprio.
O espaço cultural para os cursos, denominado “Casa do Hip Hop”, foi inaugurado na quinta-feira (28), na Rua Coronel Cardoso de Siqueira, 48 (Leia mais na página 10).





 
Veja também
 

 
Brás Cubas 4

Cia Realce apresenta “Memórias Póstumas de Brás Cubas”

Espetáculo será nesta quinta, dia 27, às 08:30 e às 20h
por A Semana
 

 
 
IMG_0699

Kadosh tem casa lotada para evento

Livraria recebeu "Negócio com Deus" na noite de segunda-feira
por A Semana
 

 
 
1035_5

Câmara lança “Parlamento Estudantil 2017”

Programa será realizado de 5 a 8 de junho
por A Semana
 

 

 
por A Semana
 

 
 
O prefeito Marcus Melo e o secretário de Segurança Paulo Madureira Sales aprovaram as instalações

Base reforça segurança em Parque

A unidade da Guarda Municipal realiza o monitoramento de boa parte do Centenário por meio de uma câmera
por A Semana
 

 
 
Julye - Hipismo (10)

Jovem de Mogi é destaque no hipismo

Julye Mesadri, com apenas 12 anos já conquistou diversos títulos no hipismo.
por A Semana
 

 

 
As irmãs Sheila e Shirley Rodrigues uniram competências para abrir o salão de beleza

Bellas Valentina reinaugura em Mogi

Salão localizado no centro da cidade agora conta com esmalteria
por A Semana
 

 
 
por A Semana
 

 
 
Inauguração do Fórum Braz Cubas

Governador vai repensar acesso ao Taboão

Construção de trecho havia sido descartada, mas Alckmin quer nova reunião sobre o assunto
por A Semana