Cidades

29 de agosto de 2014
 

Câmeras de segurança ajudam a identificar pichadores em Mogi

Equipamentos de monitoramento flagram vândalos atacando imóveis na cidade

Pichações na cidade são monitoradas por câmeras de segurança

As câmeras de segurança espalhadas por Mogi das Cruzes auxiliam na identificação de pichadores da cidade. O equipamento cooperou, somente nos primeiros sete meses de 2014, para a identificação de 19 atuações de pichadores pela cidade. Um número significativo, se comparado aos dos últimos anos: em 2012, foram identificados apenas 13 casos e, em 2013, registrou a ação em 20 infrações.
No total são 286 câmeras controladas pela Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), que opera 24 horas do dia pela Guarda Municipal.
A multa para pichação é de 50 Unidades Fiscais do Município (UFMs), equivalente a R$ 6.461,00. O valor dobra para casos reincidentes. Em situações onde há o envolvimento de menores de idade, a multa passa a ser de seu responsável. Segundo Eli Nepomuceno, secretário municipal de Segurança de Mogi das Cruzes, além da multa em dinheiro, o infrator responde a um processo penal. “O responsável pela pichação além da multa, responde a um processo penal por danos ao patrimônio público”, explica Nepomuceno.
As denúncias nesse caso ocorrem em números menores devido às pichações serem feitas geralmente na madrugada. Entretanto, a ajuda de moradores é muito importante e, em qualquer atitude suspeita ou risco, a Central de Emergência deve ser avisada pelo número 0800 770 1566. “Os pichadores são discretos e sabem como fazer. Mas não descartamos a ajuda da população, que caso se depare com pichadores podem denunciar anonimamente”, afirma o secretário.

Cultura
Para combater a pichação, o caminho que a Prefeitura de Mogi das Cruzes utiliza é a cultura, com projetos de cursos de dança de rua e o grafite, que nada mais é do que a maneira de se expressar usando arte e sem depredar o patrimônio público ou estabelecimento próprio.
O espaço cultural para os cursos, denominado “Casa do Hip Hop”, foi inaugurado na quinta-feira (28), na Rua Coronel Cardoso de Siqueira, 48 (Leia mais na página 10).





 
Veja também
 

 
por A Semana
 

 
 
por A Semana
 

 
 
201802200854325a8c0c7803ec3

Coreógrafo mogiano vai à França participar de campeonato mundial de danças urbanas

Evento de hip hop nesta sexta quer arrecadar fundos para ajudar dançarino
por A Semana
 

 

 
WC (3)

Mais de 5 mil pessoas são imunizadas durante o ‘Dia D’ de vacinação contra a febre amarela

Além da vacinação, iniciativa contou com serviços gratuitos de testagens rápidas de HIV, sífilis e hepatites B e C, aferição de pressão arterial, glicose e outros exames
por A Semana
 

 
 
IMG_3312

Com 10 pontos de vantagem, Mogi das Cruzes/Helbor bate Joinville no Hugão

O Mogi das Cruzes/Helbor agora soma 80% de aproveitamento na competição nacional, tendo 16 vitórias em 20 jogos.
por A Semana
 

 
 
IMG_0760

Master Coach realiza workshop “Sou Empreendedor e Faço a Diferença” em Mogi

O Workshop acontecerá no Auditório Metropolitan, localizado na Rua Santana, 335
por A Semana
 

 

 
DSC_0076

Vereador Farofa solicita itinerários alternativos do transporte municipal na Mogi-Bertioga

Durante a reunião, o vereador Farofa aproveitou para reiterar pedidos de implantação de lombada na avenida Carlos Ferreira Lopes (Jardim Camila)
por A Semana
 

 
 
principal

Vacina será aplicada de casa em casa

Moradores do Caputera serão imunizados depois de macaco aparecer morto
por A Semana
 

 
 
24129491_952916951524968_176626799292991286_n

TPA: filmagens com drone

Empresa se destaca no mercado com serviços inovadores
por A Semana